mãos estendidas (shutterstock)
shutterstock
Igreja

É tempo de cuidar da Evangelização

Escrito por Redação A12

16 NOV 2020 - 14H45 (Atualizada em 16 NOV 2020 - 14H55)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza a campanha É Tempo de Cuidar da Evangelização, durante todo o mês de novembro, tendo na Solenidade de Cristo Rei, dia 22, seu momento forte com a realização do grande gesto concreto: a Coleta do Bem. 

Leia MaisAlbertina e Isabel Cristina: histórias em comumO lema da campanha é: “Somos Igreja: cuidamos da vida, cuidamos do anúncio da Palavra e cuidamos dos pobres”. A campanha é motivada pelo versículo bíblico: “Conheceis a generosidade de Cristo.” (2 Cor 8,9).

No site campanhas.cnbb.org.br  são disponibilizados, semanalmente, vídeos e cards para redes sociais, VTs para as TVs de inspiração católica do Brasil e spots e podcasts para a Rede Católica de Rádios (RCR). 

Três maneiras de doar

Os cristãos católicos poderão doar de três maneiras para a Coleta do Bem. Segundo informações da CNBB, as doações podem ser feitas em suas comunidades e paróquias nas celebrações do fim de semana no qual a Igreja celebra a solenidade de Cristo Rei, nos dias 21 e 22 de novembro, no site https://doe.cnbb.org.br, especialmente criado para a campanha ou também poderão fazer a sua oferta por meio de depósito bancário: Banco Bradesco – Agência nº 0484-7 – Conta Corrente nº 4188-2, favorecido Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNPJ 33.685.686/0001-50.

As doações são investidas em apoio a projetos de desenvolvimento comunitário, de geração de renda, superação da vulnerabilidade e também na sustentação da obra de Evangelização da Igreja no Brasil inteiro, incluindo seus projetos missionários em outros países. 

Veja mais no vídeo – Como fazer a sua oferta e doação?

A conferência também informa que a “Coleta do Bem”, nome oficial da iniciativa que unifica a Coleta da Solidariedade (gesto concreto da Campanha da Fraternidade) com a Coleta da Campanha para a Evangelização, feita este ano em caráter extraordinário devido à pandemia na Solenidade de Cristo Rei.

“Nesta época de pandemia é tempo de cuidar da Evangelização. De uma evangelização que se faz, que acontece também por meio do cuidado para com a Palavra de Deus e no cuidado litúrgico com as celebrações, mas também no cuidado com os pobres no horizonte da caridade cristã. A Evangelização supõe também recursos financeiros. Por esta razão nossa contribuição chega a diversos irmãos e irmãs que, com a pandemia, estão sofrendo ainda mais.”, afirmou o secretário executivo de Campanhas da CNBB, Padre Patriky Samuel Batista, durante o período de lançamento da Campanha. 

.:: Baixe Aqui o Cartaz da Campanha

Destinação
O total arrecado com a Coleta do Bem, 50% dos recursos serão da Coleta da Solidariedade e os outros 50% da Coleta da Evangelização. Da porcentagem destinada à da Solidariedade, 60% serão destinados ao Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) e 40% para o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS). Com esse recurso a CNBB apoia diversos projetos pelo Brasil afora. Já os outros 50% que dizem respeito à Coleta da Evangelização, 45% serão destinados à diocese, 35% para a CNBB e 20% para o regional.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.