Por Redação A12 Em Igreja

Igreja incentiva ajuda ao Haiti

 

Região Sul do Haiti devastada

A população Haitiana sofre com eventos naturais, que infelizmente, devastaram o país nos últimos seis anos. Primeiro foi o terremoto, em 2010, quando mais de 300 mil haitianos e haitianas morreram e outros milhares ficaram sem abrigo. Agora a passagem do furacão Matthew, no último dia, (04), piorou ainda mais a situação do país.

Houve mortes por afogamento e edifícios desmoronados, algumas comunidades estão debaixo d’água. Estima-se que cerca de um milhão de pessoas foram afetadas pelas tempestades. A Defesa Civil confirma 372 mortes até o momento, porém elas podem chegar a 1.000, devido ao alto número de desaparecidos.

Desde o dia do furacão, várias iniciativas nacionais e internacionais para ajuda humanitária começaram a aparecer. O Portal A12 destaca duas delas.

Cáritas

A primeira iniciativa é promovida pela Cáritas Internacional e prioriza o atendimento nos abrigos improvisados. O público prioritário são às mulheres grávidas, às crianças e adultos com deficiências físicas.  

Para o diretor-executivo nacional da Cáritas Brasileira, Luiz Cláudio Mandela o país precisa muito da solidariedade mundial. “Novos furacões irão acontecer, isso faz parte do clima daquela região. Precisamos ajudar o Haiti a estar preparado para novos desastres”, complementa.

 Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro e Associação São Francisco de Assis na Providência de Deus

O segundo destaque é para parceira entre a arquidiocese do Rio e a associação Associação São Francisco de Assis na Providência de Deus. Juntas, lançaram a campanha SOS Haiti: ‘Misericórdia é que eu quero!’, para o envio de recursos financeiros e doações em gêneros alimentícios não perecíveis (preferencialmente leite em pó, feijão, arroz, açúcar, macarrão, farinha e fubá). "Diante da tragédia da passagem do furacão pelo Haiti, mais uma vez o país, que já vive uma situação precaríssima, ficou atingido e em uma condição pior. As doações de alimentos poderão ser entregues em todas as igrejas da cidade do Rio e na recepção do Hospital São Francisco de Assis na Providência de Deus, na Rua Conde de Bonfim, 1033, Tijuca.

Contribuições

Em solidariedade ao Haiti, a Cáritas Brasileira informa que as contas do SOS Haiti permanecem ativas. Deste modo, as pessoas interessadas em ajudar as vítimas do furacão podem realizar depósitos de qualquer valor nas contas bancárias administradas pela Cáritas Brasileira (CNPJ 33.654.419/0001-16).

Banco do Brasil

Agência: 3475-4

Conta Corrente: 23.969-0

Caixa Econômica Federal

Agência: 1041

Operação: 003

Conta corrente: 1132-1

Os recursos financeiros também podem ser depositados na conta da Cáritas da Arquidiocese do Rio

 Banco Bradesco

Agência 0814-1

Conta corrente 48.500-4

 Veja mais

:: Superior da comunidade redentorista no Haiti fala sobre a situação dos religiosos no país

:: Paróquia de São Paulo é referência no acolhimento de imigrantes haitianos

:: Paróquia paulistana acolhe refugiados de todo o mundo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.