Por Redação A12 Em Igreja

Irmãs Mensageiras do Amor Divino participam da 46ª Semana Vocacional da Rede Aparecida de Comunicação

A Rede Aparecida de Comunicação realizará de 16 a 23 de agosto a 46ª edição da Semana Vocacional organizado pelo Secretariado Vocacional Redentorista que apresentará durantes esses dias entrevistas com congregações e institutos testemunhando suas vocações, além de celebrações no Santuário Nacional.

As Irmãs Mensageiras do Amor Divino participarão da Semana Vocacional, conforme a programação da Rede Aparecida de Comunicação.

O portal A12.com conversou a irmã Eliana Cruz, Mensageira do Amor Divino que contou um pouco sobre a história da congregação, o trabalho e a participação na Semana Vocacional.

Além disso conversamos com a irmã Regina Aparecida da Silva que deu o seu testemunho de vida religiosa.

mensageiras_do_amor_divino

A12 - Como surgiu a Congregação das Irmãs Mensageiras do Amor Divino?

Irmã Eliana – Nossa congregação surgiu do desejo do coração de uma jovem engajada em sua paróquia e muito apostólica. Felicidade de Lourdes Braga e o seu orientador espiritual padre Eduardo Moriarty, missionário redentorista fundaram nossa congregação ema 17 de maio de 1954, na cidade de Aparecida (SP).

A12 - Qual o carisma das Mensageiras do Amor Divino?

Irmã Eliana – Temos como carisma, irradiar o Amor Divino, inspirado na frase de Jesus “Vinde a Mim vos Todos que estais cansados e atribulados e Eu vos aliviarei” (Mt 11,28).Somos mulheres consagradas e formadas na prática da alegria, piedade e zelo apostólico numa disposição de irradiar o Amor Divino através dos retiros, da catequese, das missões populares e dos projetos sociais.

A12 – O que é necessário para ser uma Mensageira do Amor Divino?

Irmã Eliana - Primeiramente é necessário ter feito uma experiência do amor de Deus, para irradiá-lo, levá-lo aos mais necessitados de consolo e misericórdia. E depois é preciso ter disposição em acolher todo trabalho apostólico e pastoral.

 

"... tudo se tornou descartável, por isso se torna mais difícil jovens tomarem decisões de assumirem um compromisso com o Reino de Deus..." 

 A12 - Quais os desafios da vida religiosa/consagrada?

Irmã Eliana - Os mesmos que cada Cristão está vivendo hoje no cotidiano da vida: os imediatos meios de comunicação que neutralizam o contato personalizado, contaminando uma realidade fria, a falta de compromisso com aquilo que é eterno para sempre, tudo se tornou descartável, por isso se torna mais difícil jovens tomarem decisões de assumirem um compromisso com o Reino de Deus que é gratuidade e não tem política de retorno.

A12 - Qual a importância da 46ª Semana Vocacional para o despertar das vocações e em particular para a sua Congregação?

Irmã Eliana - Para nós Mensageiras é muito importante porque sempre fizemos parte, então é nossa história já que somos nascidas em Aparecida e de Espiritualidade Redentorista, trabalhamos sempre juntos, e com outras congregações mais uma oportunidade de crescermos e propagarmos nossa Congregação.

Testemunho

Irmã Regina Aparecida da Silva, conta como se sentiu chamada a ser uma Mensageira do Amor Divino.

Confira sua narração:

Senti o meu chamado quando conheci a irmã Rosária de Souza, co-fundadora das Irmãs Mensageiras do Amor Divino. Ela estava passeando com jovens vocacionadas, estavam no Bosque da Princesa na cidade de Pindamonhangaba (SP), achei muito bonito a irmã Rosária no meio das jovens, o carinho e respeito que todas tinham por ela. Irmã Rosária me convidou para ser religiosa e disse que a Congregação era simples, então senti no meu coração que gostaria de ser uma delas. Entrei para a Congregação no dia 01 de outubro de 1961. Quando entrei na Congregação tinha 20 postulantes, eu me sentia em casa e que esse era o meu lugar. Rezei a Deus agradecendo por ter colocado as Irmãs Mensageiras do Amor Divino em minha vida, senti-me acolhida por todas e fiquei feliz em ver que tinha irmãs negras na Congregação.

Sinto-me realizada e sei que a Vida religiosa Consagrada é realmente a minha vocação, um chamado de Deus. Sou feliz e nunca tive dúvidas sobre a minha vocação. Vários momentos me marcaram na Congregação: A simplicidade das irmãs; da casa; a oração comunitária; o terço com o povo; auxílio aos pobres na distribuição dos pães.

Outra pessoa que conheci foi Madre Felicy ela motivava muito a sermos mulheres comprometidas com o Reino de Deus.

Os desafios da vida Religiosa, no meu ponto de vista é viver com pessoas diferentes, com história de vida diferente, cultura, mas pela oração buscamos forças para vencer os desafios, por isso acredito ter perseverado na minha vocação até hoje.

Serviço:
As Mensageiras do Amor Divino estão em Aparecida (SP)
Rua Barão do Rio Branco, 300, Centro, CEP 12570-000 Aparecida-SP
Telefone: (12) 3105-3700
E- mail: savmad54@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.