Por Marília Ribeiro Em Igreja

Juventude e família serão prioridades na atuação do Movimento Apostólico de Schoenstatt

Congresso Movimento Apostólico de Schoenstatt

O Movimento Apostólico de Schoenstatt, presente em mais de 25 países, reunindo cerca de 120 líderes, promoveu no mês de maio o Congresso de Pentecoste. Nesse encontro, realizado de 18 a 23 de maio no Santuário Original da Mãe e Rainha, em Schoenstatt/Alemanha, foram feitas avaliações dos trabalhos do movimento e a definição de metas de atuação para os próximos anos.

A Ir. M. Cacilda Becker, da Equipe de Coordenação do Congresso de Pentecostes, em entrevista para o portal A12 fez uma avaliação do Congresso e falou do trabalho que vem sendo feito com base no carisma da Aliança de Amor.

A12 - Qual a avaliação do Congresso de Pentecostes?
Ir. M. Cacilda Becker - O Congresso de Pentecostes foi uma experiência de uma grande Família Internacional e missionária. Vivenciamos que o carisma de Schoenstatt, a Aliança de Amor, é resposta para as pessoas das mais variadas culturas. Havia um grande anseio de caminharmos juntos, unidos como Família Missionária, e cada vez mais inseridos nas Igrejas locais.

A12 - Quais as principais metas definidas para os próximos anos?
Ir. M. Cacilda Becker - Nossas principais metas são: Queremos continuar fiéis ao carisma de nosso Fundador, Pe. José Kentenich, aplicando-o sempre mais na realidade da sociedade e da Igreja. Queremos ser sempre Schoenstatt em saída, assim como fomos fundados. Vemos na pessoa e no carisma do Padre Kentenich um grande presente que Deus oferece para a Igreja e para o mundo. Depende de nós, de modo criativo, tornar fecundo seu carisma. Sua pedagogia é atual e é uma resposta para os desafios atuais. Fazemos duas opções primordiais: a juventude e a família, pois ambos necessitam de auxílio especial. Também, queremos acentuar o atuar em rede, compartilhando nossas ações, continuar com o empenho pela cultura da Aliança, dedicando-nos a projetos concretos na área da pedagogia, da família, da Igreja, da sociedade e da juventude.

A12 - Como o movimento Apostólico Schoenstatt vê a importância da peregrinação de Nossa Senhora nas casas das famílias, igrejas e paróquias?
Ir. M. Cacilda Becker - Maria é a grande Missionária e Educadora. O verdadeiro amor a Maria abre o coração das pessoas para Jesus e para os irmãos. Ela é capaz de fortalecer a família e formar família em todos os ambientes. Nosso tempo necessita de Maria porque necessita de uma mãe, de um coração materno que faça as pessoas acreditarem de novo na misericórdia de Deus. Em todos os países participantes do Congresso, mais de 25, a Família de Schoenstatt possui ações missionárias, a partir do Santuário de graças. Isso significa que, por meio dos Santuários de Schoenstatt, a Mãe e Rainha vai ao encontro dos filhos onde quer que eles estejam. Ela também educa e capacita seus filhos como missionários. Isso vemos no testemunho de milhares de missionários da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt.mãe peregrina

A12 - Com a definição das novas metas, o que o movimento quer levar para as famílias que recebem a imagem peregrina?
Ir. M. Cacilda Becker - O Movimento de Schoenstatt quer levar para as famílias a grande consciência de que, em Maria, Deus nos escolheu e nos ama. Elas fazem parte de uma Família internacional, unida na mesma Aliança de Amor com a Mãe e Rainha e, por isso, também somos fortes na missão. Nossa ação missionária deve ser um testemunho do empenho pela santificação pessoal. Cada um, onde está, deve ser um missionário e empenhar-se para que ao seu redor Maria fortaleça os vínculos com Cristo e entre as pessoas. Somos capazes de edificar uma nova cultura de encontros, a Cultura da Aliança, e ajudar a Igreja em sua renovação.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.