Por Elisangela Cavalheiro Em Igreja

Pastoral da Ecologia: na luta por um mundo melhor

“A destruição do ambiente humano é um fato muito grave, porque, por um lado, Deus confiou o mundo ao ser humano e, por outro, a própria vida humana é um dom que deve ser protegido de várias formas de degradação. Toda a pretensão de cuidar e melhorar o mundo requer mudanças profundas ‘nos estilos de vida, nos modelos de produção e de consumo, nas estruturas consolidadas de poder, que hoje regem as sociedades’”. 

meio ambiente ecologia

Esse foi o apelo do Papa Francisco na encíclica Laudato si. O pedido leva em consideração a gravidade dos problemas ambientais e a inconsciência generalizada. Para muitos a relação entre Igreja e Ecologia não é algo tão simples, mas existem muitos trabalhos eclesiais que manifestam a preocupação com as questões ambientais e realizam ações para que haja maior consciência da população diante da atual realidade.

No Brasil, por exemplo, algumas Campanhas da Fraternidade já evidenciaram a importância de discutir a questão e inúmeras dioceses já compreenderam a urgência do planeta e iniciaram um trabalho específico com a Pastoral da Ecologia. 

Foi o que ocorreu na Arquidiocese do Rio de Janeiro, em 2013, com um grupo de fiéis da Paróquia São José e Nossa Senhora das Dores, no bairro do Andaraí. Mobilizados e preocupados com a falta de conscientização da população, deram corpo e voz para essa missão fundamental do ser humano com a Criação. O que segundo Francisco é “tarefa dos cristãos, não só dos ecologistas”. 

O trabalho na paróquia do Andaraí surgiu a partir da inspiração do engenheiro civil José Luiz Miranda, um paroquiano, que percebeu, em um momento de oração, que mesmo com todo o esforço dos trabalhos pastorais católicos, uma causa estava sendo deixada de lado: a ecologia. Então deu início a esse trabalho com o apoio do seu pároco. 

O grupo é composto por profissionais de diversas áreas como biologia, engenharia, administração, assistência social e pedagogia. 

A Pastoral da Ecologia ou Pastoral do Meio Ambiente tem como proposta sensibilizar e desenvolver ações em prol da defesa da vida no planeta, sobretudo aquela sob grave ameaça, propiciando maior senso de justiça ambiental e de corresponsabilidade com a preservação e proteção dos diferentes biomas, da biodiversidade e do cuidado com todos os seres.

A Pastoral da Ecologia do Rio enviou ao A12.com uma lista de práticas que cada paróquia e comunidade pode realizar a partir desse trabalho pastoral. A ideia é mostrar como pode ser feito um trabalho de qualidade além de incentivar o surgimento dessa iniciativa nas comunidades de todo o país. Veja a lista e mãos à obra! 

Pastoral da Ecologia lista de propostas

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.