Por Redação A12 Em Igreja

Pontifícia Comissão Bíblica promove plenária no Vaticano até sexta-feira

Até o dia 17, sexta-feira, continua, no Vaticano, a Plenária anual da Pontifícia Comissão Bíblica, presidida pelo Cardeal Gerhard Ludwig Müller, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.

Os trabalhos têm como base o documento "Inspiração e verdade da Bíblia. A palavra que vem de Deus e fala de Deus para salvar o mundo".

Quando da abertura dos trabalhos, o Cardeal Müller afirmou que "A antropologia bíblica não diz respeito apenas à fé e à identidade dos fiéis, mas ao homem como tal, que, na mentalidade atual, é tentado a rejeitar toda lei moral em nome da falsa concepção de liberdade e verdade".

O cardeal ressaltou ainda em suas palavras de abertura da Plenária que "O presumível conflito entre liberdade e lei é reproposto hoje com força em relação à lei natural". Disse Dom Müller que os fautores da "moral laica afirmam que o homem, como ser racional não só podem mas devem decidir livremente o valor de seus comportamentos".

"As Sagradas Escrituras, a Tradição e o Magistério da Igreja - observou o Cardeal - nos dizem que a vocação e a plena realização do homem não significam a negação da lei de Deus, mas a sua acolhida obediente. A lei de Deus - continuou - não atenua nem muito menos elimina a liberdade do homem, mas ao contrário, a garante e promove".

A conclusão do Cardeal-Prefeito é que "para ser verdadeira, a liberdade precisa obedecer à lei de Deus. Esta é a sua mais alta realização". 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.