Por Redação A12 Em Igreja

Projeto ‘Verão com Fé’ vai animar turistas em Salvador (BA)

A cidade de Salvador (BA) é o quinto destino mais visitado do país durante o Verão. Durante a estação a capital baiana chega a receber mais de dois milhões de visitantes. Pensando nesse número de turistas, a Arquidiocese de Salvador por meio da Pastoral do Turismo (Pastur) lançou o projeto ‘Verão com Fé’, que vai realizar atividades em diversas igrejas do Centro Histórico e da Cidade Baixa, durante os meses de janeiro e fevereiro de 2017. 

Centro Histórico de Salvador (Agência Brasil)

De acordo com o coordenador da Pastur, padre Manoel Filho, o projeto reúne iniciativas novas e já existentes nas igrejas. “Nós queremos animar novas ações durante o verão. Que as comunidades percebam, especialmente no Centro Histórico e no centro de peregrinação, que o verão é o tempo dos turistas e os turistas estão aí, então eles podem ter essa oportunidade de um algo a mais na sua atividade ligada à fé”, disse.

A programação de atividades contempla as grandes festas de padroeiros que acontecem nesses meses, como Bom Jesus dos Navegantes e Senhor do Bonfim e ainda palestras sobre os painéis de azulejos da igreja da Ordem 3ª de São Francisco e de tardes de louvor na igreja de Nossa Senhora d’Ajuda.

Para o coordenador arquidiocesano e nacional da Pastur, padre Manoel Filho, a ideia é oferecer uma programação diferenciada durante o verão. Atualmente, a Arquidiocese de Salvador abriga o maior número de basílicas do país (quatro).

:: Igreja histórica de Salvador (BA) é reaberta aos fiéis após 22 anos

:: Salvador terá o primeiro Centro de Referência da História da Igreja Católica do Brasil

Além de ser uma oportunidade para a evangelização o projeto também quer ser um aliado no combate ao trabalho infantil. 

Segundo a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Virgínia Sena, o projeto também é um aliado no combate ao trabalho infantil. “A importância é muito grande porque a Igreja tem como apoiar na divulgação e na conscientização da sociedade, das pessoas que frequentam a Igreja, sobre os malefícios do trabalho infantil”, assinala.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.