Por Redação A12 Em Igreja

Regional Sul 1 envia padre em missão ao regional Norte 1

O padre Luiz Aparecido Iauch, da Arquidiocese de Botucatu (SP), foi enviado no início de fevereiro para uma missão em São Gabriel da Cachoeira (AM) onde ficará por rês anos trabalhando através do Projeto Missionário dos regionais Sul 1 e Norte 1 da CNBB.

O sacerdote que estava trabalhando também como missionário em Ipameri (GO), segue para o estado do Amazonas.

Foto de: Arquidiocese de Botucatu (SP)

padre Iauch é enviado em missão amazonas

Padre Iauch com arcebispo metropolitano de Botucatu,
dom Mauricio Grotto de Camargo.

O padre Iauch concedeu entrevista antes do seu embarque para a Amazônia ao setor de comunicação do Regional Sul 1 e falou sobre seu trabalho missionário.

“Participei de vários encontros nacionais de presbíteros e havia sempre um apelo quanto à necessidade de padres para missões em várias regiões do Brasil e também na Amazônia. Passei então, a olhar com mais atenção a possibilidade de servir a Igreja além das fronteiras da Diocese e coloquei-me à disposição do bispo para projetos missionários “Igrejas Irmãs”. Em 2012 fui enviado para a Diocese de Ipameri-GO”, relata.

Agora sendo enviado a São Gabriel da Cachoeira o padre se diz escolhido por uma missão.

“Penso que, se nos dispomos para a missão, nem sempre a escolhemos: a missão nos escolhe. Mesmo porque o chamado de Deus à missão é constante, seja local ou além-fronteiras. Foram necessários apenas alguns contatos entre os Bispos para que o Projeto Missionário para a Amazônia começasse a entrar na minha vida”, conta.

Para o padre Iauch essa nova missão será de entrega e testemunho.

“Pra mim a expectativa na missão é sempre de doação. Creio que posso pensar essa missão com algumas palavras: ir, vivenciar e testemunhar Cristo na caridade e na partilha”,acredita.

A diocese de São Gabriel da Cachoeira, fica a 850 quilômetros de Manaus, fazendo fronteira com a Colômbia e a Venezuela, sob responsabilidade de Dom Edson Damian, possui 23 etnias indígenas diferentes e 18 línguas faladas pelos povos locais. Na região, o trabalho missionário de catequese com os indígenas é feito com a enculturação do Evangelho, iniciando a população local à vida cristã.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.