Por Redação A12 Em Igreja

Romaria Nacional dos Vicentinos reúne 30 mil pessoas em Aparecida

Thiago Leon
Thiago Leon

A Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) realiza neste final de semana (24 e 25) sua 48ª Romaria Nacional no Santuário de Aparecida. O evento que reúne cerca de 30 mil pessoas buscar reafirmar a espiritualidade do movimento: “servir a quem precisar, com amor e dedicação”.

Com a temática “Na rede da caridade: servir nossos Mestres e Senhores”, a Romaria Nacional dos Vicentinos é um momento de reforçar o olhar preferencial pelos pobres.

Luis Roncaglia é o atual vice-presidente do Conselho Nacional do Brasil, já participa deste evento há sete anos e afirma:

Laura Galvão
Laura Galvão
Luis Roncaglia, vice-presidente SSVP Brasil

“Além de ser um momento onde nós renovamos a nossa fé sob a intercessão de Nossa Senhora, também é um momento de reforçar os vínculos de amizade, os vínculos vicentinos e também reforçar este olhar, de fato, preferencial pelos mais pobres e pela prática da justiça social”.

A Romaria é tradicional e já acontece há 48 anos em Aparecida. Para o presidente do Conselho Nacional do Brasil, Cristian Reis da Luz, o Santuário é um lugar especial para a realização deste evento: “a Casa da Mãe nos fortalece e é um local onde nos sentimos muito acolhidos”, comenta.

Ele também diz que a cada ano o número de participantes cresce ainda mais: “Prova disso é que, há 18 anos, incrementamos a Romaria com a Via Sacra. A partir da experiência inicial de quatro amigos, hoje os vicentinos de todo Brasil se reúnem para refletir, a partir do nosso carisma, os passos de Cristo, da morte à ressurreição”.

Juventude Vicentina – A juventude está no centro das atenções da Igreja neste ano com o Sínodo dos Bispos, com isso, Luis Roncaglia destaca que existem mais de 50 mil jovens vicentinos em todo o Brasil.

“A SSVP na sua essência foi criada por jovens universitários e sempre teve a preocupação de manter a atividade da juventude dentro de seu trabalho. Hoje temos mais de 50 mil jovens que se reúnem nas Conferências, trazendo realmente esse dinamismo, um olhar atento a qualquer mudança social, buscando sempre aliviar qualquer situação de pobreza que, porventura, venha a acontecer”, ressalta.

Canonização do fundador – Frederico Ozanam era ainda um estudante de Direito quando, aos 20 anos, fundou a Sociedade Vicente de Paulo. Reconhecido em todo o mundo por suas obras de caridade, em 1997, foi beatificado por papa João Paulo II.

Luis ainda conta que recentemente o presidente geral da SSVP, confrade Renato Lima, esteve em uma audiência com o papa Francisco, na qual foi apresentada uma documentação em que constam quatro possíveis milagres sob a intercessão do beato Frederico Ozanam.

“Não temos mais detalhes, mas ao mesmo tempo, permanecemos muito esperançosos de que a canonização possa acontecer o quanto antes”, finaliza.

:: Conheça o trabalho da Sociedade São Vicente de Paulo ::

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.