Por Frei Rinaldo, osm Em Igreja

Saúde e Fé: o que você precisa saber sobre a febre Chikungunya

Queridos internautas,

Deus abençoe você e sua família com toda sorte de bênçãos físicas e espirituais!

 

febre Chikungunya

A febre Chikungunya é uma doença viral muito parecida
com a dengue.

Hoje vamos refletir sobre uma epidemia cujo o nome pode parecer “novo” para nós, mas que já vem fazendo um estrago muito grande em alguns países tropicais e com a qual, portanto, precisamos tomar um certo cuidado. Trata-se da “febre Chikungunya”(ou chicungunha).

É uma doença viral muito parecida com a dengue, transmitida igualmente por um mosquito. Originária da África, mas já ocupa boa parte da Europa e da Ásia.

Comprovados estudos afirmam que já passou para a América Central, Caribe e está vindo para a América do Sul.

Aqui no Brasil já temos o Aedes Aegypti (mosquito da Dengue) e com a chegada do Aedes Albopictus (mosquito da Chikungunya) a chance de virar surto epidêmico é muito grande.

Ele é parecido com o da Dengue inclusive nos sintomas, porém, mais potente e mais forte. Quem é infectado com o CHIKV apresenta febre muito alta repentina, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, erupção na pele, conjuntivite. As dores podem até impedir os movimentos da pessoa por meses a fio.

Ao contrário da Dengue, ainda não se constatou febre hemorrágica com o Chikv. O diagnóstico é clínico com a retirada do sangue do paciente para análises. O Tratamento é feito com analgésicos e antitérmicos com muita hidratação e repouso.

Em alguns casos, necessita-se de fisioterapia por causa das articulações afetadas. O caminho da prevenção é o mesmo do mosquito da dengue: evitar água parada para a proliferação do mosquito.

Estamos em um país tropical, portanto, todo cuidado é pouco. Não comprometa sua saúde por causa dos contratempos provocados pelo mosquito da dengue e do chicunkunya.

Deus o abençoe sempre.

Com carinho e bênçãos,

Colunista - Frei Rinaldo

Escrito por
Assinatura pequena Frei Rinaldo Colunista.png
Frei Rinaldo, osm

Frei Rinaldo, osm

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.