Por Redação A12 Em Igreja

Semana Nacional da Família promovendo o amor como missão

hora_da_familia_2015Com o tema "O Amor é nossa missão: a família plenamente viva", a reflexão desse ano provoca aos cristãos como o amor deve ser o centro da família como missão.

O A12.com conversou com o Diácono João Bosco da Silva Ramos, coordenador da Pastoral Familiar da Diocese de Taubaté (SP) que falou sobre o tema da Semana da Nacional da Família.

Na sua experiência familiar e como coordenador da Pastoral Familiar o diácono afirma que somente o amor traz a realização plena da família

"Quando a família vive a dimensão do amor todos os seus membros se realizam, por que se sentem amados, se sentem valorizados, motivados, acolhidos. Então a dinâmica do amor é uma válvula propulsora que faz o homem viver plenamente, o tema desse ano da Semana da Família veio oportunamente, fora do amor não acredito que haja realização", disse.

Citando Madre Tereza de Calcutá quando ela diz “O amor dói”, o diácono destacou também que viver o amor exige esforço.

 

"O amor não é só um caminho de rosas, nós vimos que Jesus por amor entregou sua vida, não existe amor maior que dar a vida por alguém."

“Quando o marido, a esposa se renuncia, passa viver em função do outro, em fazer o outro feliz é uma coisa maravilhosa, só quem vive essa dinâmica pode dizer isso. O amor não é só um caminho de rosas, nós vimos que Jesus por amor entregou sua vida, não existe amor maior que dar a vida por alguém. Então o amor é um caminho de dor, de espinhos, mas quem ama consegue superar tudo isso.

Como coordenador da Pastoral Familiar da Diocese de Taubaté, o diácono Bosco acredita que ainda é preciso conhecer a realidade das famílias, porém o amor pode mudar qualquer realidade problemática.

“Amor é você chegar até um pobrezinho que sofre carência de afeto e bens materiais o fazer acreditar que com a força ele pode superar tudo, mas até chegar nele e fazer acreditar naquilo que podemos traduzir como sonho é preciso que alguém sinta amor por ele. O amor está ligado a tudo, até para convencer um prisioneiro, que se houvesse alguém com um olhar diferenciado para ele, não só por fora como alguém que fez algo errado, mas buscasse no profundo do seu ser o que ele tem de bom e virtude ele mudaria de vida, então o amor é imprescindível para tudo”, pondera.

Para a Semana Nacional da Família a proposta é realizar a Hora da Família, momento de oração e reunião familiar, o diácono indica que a melhor forma de praticar o amor é a oração.

“Eu sempre falo para os casais em casamentos, vocês querem ser felizes? E eles me respondem sim, eu digo assim: do jeito que vocês estão hoje de mãos dadas com toda essa alegria e expectativa, quando vocês tiverem dificuldade rezem juntos diante de Jesus e peçam para Ele vir em socorro do amor de vocês, por que ele é o amor. Então a segurança, a paz que o amor traz é através do exercício da oração que alcançamos”, conclui.

A Semana Nacional da Família é celebrado todo ano pela Igreja na segunda semana de agosto iniciando no dia dos Pais.

3 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.