Por Redação A12 Em Igreja

Signis realiza congresso mundial no Canadá

Congresso Mundial da Signis_Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal/Frei João Carlos Romanini

A promoção de histórias de esperança será o eixo central do Congresso mundial de SIGNIS, na Universidade Laval, em Quebec, Canadá. Centenas de comunicadores de diversos países do mundo participam do evento. “Compartilhar e celebrar, renovar nosso pensamento e aprender das experiências e visões de colegas comunicadores”, é como expressa em sua saudação o Presidente Mundial de Signis, Gustavo Andújar.

Durante o congresso, que acontece até 22 de junho, se desenvolverá um amplo programa que inclui sessões plenárias e oficinas que abordarão “uma ampla variedade de temáticas do mundo das comunicações em constante transformação. “Enfrentamos o desafio de responder positiva e criativamente a essas mudanças, e o Congresso brinda os participantes com um ambiente verdadeiramente global, culturalmente diverso, ideal para formular essa resposta”, acrescenta Andújar.

Finalmente, ele se mostrou confiante de que “a experiência deste Congresso transforme no sentido mais positivo, de modo que quando regressemos a nosso trabalho cotidiano como comunicadores, sua lembrança se traduza em sentimentos de renovação, dinamismo e, sobretudo, um inspirado compromisso”.

Da mesma forma, no discurso de boas vindas ao Congresso mundial de SIGNIS, o Cardenal Arcebispo de Quebec, Gérald C. Lacroix, afirmou que este encontro internacional de comunicação será “uma valiosa contribuição para dar testemunho da esperança. Vocês são valentes mensageiros do fruto produzido pela Palavra. Os exorto a continuar com alegria e confiança em sua missão em nosso mundo”, falou.

Já o Decano da Faculdade de Teologia e Ciências Religiosas da Universidade Laval, Gilles Routhier, destacou a importância do congresso “com as comunicações podemos chegar a conhecer e superar nossas próprias fronteiras. Por outro lado, a investigação, a inovação e os resultados também se referem ao fabuloso mundo das comunicações. As inovações e descobrimentos, fruto da investigação constante faz as barreiras dos limites impostos retrocederem cada vez mais”, assinalou.

Representam a Signis Brasil, o presidente Frei João Carlos Romanini (RedeSul de Rádio), o vice-presidente Padre Eduardo Dougherty (Rede Século 21) e o jornalista e escritor Moisés Sbardelotto. Frei João Romanini apresentou o sistema de pautas conjuntas e compartilhadas entre os veículos de imprensa associados e também o trabalho da Rede Católica de Rádio (RCR).

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.