Por Redação A12 Em Igreja

Situação vivida pelos idosos é tema da 1º Caminhada da Solidariedade da Arquidiocese de Natal

A Arquidiocese de Natal (RN) realiza neste domingo (30) a 1º caminhada da Solidariedade com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para a problemática dos idosos, especialmente os que residem nos abrigos. 

 caminhada_da_solidariedade_natal

A programação, no dia 30 de agosto, iniciará às 7 h, com a celebração eucarística, no Santuário dos Mártires, no bairro de Nazaré, em Natal, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha. A caminhada sai do Santuário em seguida da missa, percorrendo ruas e avenidas da cidade terminando por volta das 11h.

Em preparação à caminhada duas audiências públicas foram realizadas, uma na Assembleia Legislativa e outra na Câmara Municipal de Natal para discutir a problemática dos idosos, os direitos; a situação das instituições que acolhem as pessoas idosas, e a relação jurídica entre essas instituições e o Estado.

As audiências aconteceram na segunda-feira (24) e na quarta-feira (26) em função da 1ª Caminhada da Solidariedade, organizada pela Arquidiocese de Natal.

O vigário geral da Arquidiocese de Natal, padre Edilson Nobre falou como a iniciativa da Caminhada e das audiências quer refletir sobre a situação do idoso na sociedade.

“A preocupação com o idoso sempre foi constante no contexto da Igreja, agora com a preparação para essa caminhada, achamos por bem chamar as casas que acolhem esses idosos e dentre as ações realizamos essas audiências públicas, queremos chamar a atenção da sociedade de um modo geral, das instituições que tem as obrigações de cuidar melhor dos idosos, mas também das famílias”, apontou.

 

"...às vezes se esquecem que o estado tem obrigação de cuidar do idoso”.

Padre Edilson também apontou como é importante questionar e reforçar o papel do estado no cuidado com os idosos.

“Umas das coisas que sabemos que pode melhora muito é se o estado tomar a consciência de que ele é o primeiro responsável pelo idoso, a sociedade tem as suas obrigações, mas o estado não está isento, geralmente os órgão fiscalizadores esquecem-se disso, geralmente vão em busca das instituições e cobram demais delas, que aprenderam de forma diferente a cuidar dos idosos, as exigências hoje são bem maiores, às vezes se esquecem que o estado tem obrigação de cuidar do idoso”, destacou.

Para participar do evento, os interessados devem adquirir um kit, composto por camiseta e boné, no valor de R$ 20,00, à venda nas paróquias e no Centro Pastoral Pio X (subsolo da Catedral).

A renda será repartida entre sete abrigos de idosos: Juvino Barreto, Casa do Idoso Jesus Misericordioso, Lar do Ancião Evangélico, Centro de Convivência de Mãe Luiza e Lar da Vovozinha, todos em Natal; além do Anísia Pessoa, em São José de Mipibu, e Abrigo São Vicente de Paulo, em Ceará-Mirim.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.