Por Redação A12 Em Igreja

Tradicional Festa do Divino em São Luiz do Paraitinga começa hoje com grandes manifestações de fé

A cidade de São Luiz do Paraitinga no interior de São Paulo inicia hoje (15) a tradicional Festa em louvor ao Divino Espírito Santo com a celebração do primeiro dia da novena.

As festividades na cidade mantêm, na atualidade, muitos elementos típicos da cultura popular, a presença da oralidade e uma memória pautada em padrões coletivos e elementos altamente simbólicos e agregadores.

João Gualberto Neto,30 anos, morador de São Luiz do Paratinga, conta que desde pequeno vivência a Festa do Divino na cidade e diz que esse é um momento de renovação da fé.

“O Divino é um momento de encontro, onde o Espírito Santo nos presenteia com a renovação da fé, que o mundo pode ser melhor mais justo”.

Foto de: Benedito Barbosa/São Luiz do Paraitinga

divino_barbosa

Festa do Divino 2014/arquivo

A programação da Festa do Divino em São Luiz do Paraitinga conta com celebrações religiosas todos os dias, procissão e manifestações populares.

Para João Gualberto há momentos da festa que são de grande vivência espiritual.

“Quando a procissão do último domingo de festa sai da igreja, com seus andores coloridos e o vermelho das bandeiras do Divino e suas fitas, deixa as ruas uma verdadeira poesia de orações para o Divino”, relata.

De 15 a 24 de maio a celebração diária da novena acontece às 19h na Igreja Matriz de São Luiz do Paraitinga. Todos os dias também haverá shows e nos finais de semana apresentações culturais.

No sábado, véspera de Pentecostes, 23 de maio, uma das mais tradicionais atividades da festa acontece às 12h, a distribuição gratuita do “afogado”, prato típico da região. Para João Gualberto esse é um momento especial de confraternização entre os festeiros e o povo. Além desse, ele recomenda outros momentos da festa.

Foto de: Arquivo Pessoal

neto_festa_do_divino

João Gualberto e a sobrinha visitando Império
do Divino em São Luiz do Paraitinga/2013

“Eu recomendo o afogado do último sábado da festa pelo fato de ser tradicional e único o da nossa região de sabor e fé e o domingo onde todos os moçambiques e congadas dançam e cantam por todas a ruas da cidade a fé fica estampada no rosto de cada integrante”, convida.

No domingo de Pentecostes, 24 de maio, a programação começa às 5h com alvorada dos grupos folclóricos da região. Durante todo o dia segue uma programação de celebrações e apresentações. As missas acontecem às 7h e às 10h. A procissão solene está programada para as 16h seguida de missa.

O encerramento acontece às 21h com a queima de fogos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.