Por Redação A12 Em Evangelhos Atualizada em 05 OUT 2017 - 09H46

Evangelho em Libras | 27º Domingo do Tempo Comum – Ano A


Reflexão: Pe. Luiz Camilo Júnior - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

Mt 21,33-43

Naquele tempo, Jesus disse aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo: “Escutai esta outra parábola: certo proprietário plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, fez nela um lagar para esmagar as uvas, e construiu uma torre de guarda. Depois, arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro. 
Quando chegou o tempo da colheita, o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros para receber seus frutos. Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados, espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram. 
O proprietário mandou de novo outros empregados, em maior número do que os primeiros. Mas eles os trataram da mesma forma. 
Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘ao meu filho eles vão respeitar’. 
Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: ‘este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’ então agarraram o filho, jogaram-no para fora da vinha e o mataram. 
Pois bem, quando o dono da vinha voltar, o que fará com esses vinhateiros?”
Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “com certeza mandará matar de modo violento esses perversos e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.
Então Jesus lhes disse: “vós nunca lestes nas escrituras: ‘a pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isto foi feito pelo senhor e é maravilhoso aos nossos olhos? ’
Por isso, eu vos digo: o reino de deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos”.

— Palavra da Salvação. 
— Glória a vós, Senhor! 

Reflexão
Neste 27º Domingo do Tempo Comum, a liturgia continua nos levando a refletir sobre o convite que Jesus nos faz par trabalhar na sua vinha, mas agora com ênfase nos frutos que estamos produzindo em nosso trabalho na vinha. Pois ele chamou e nos enviou para a sua vinha, confiando a cada um o cuidado dela, para que ela fosse capaz de produzir bons frutos, frutos de justiça e amor.
Jesus conta a parábola dos vinhateiros homicidas, para nos chamar a atenção para nossa responsabilidade missionária, nosso agir no mundo. Ele conta aos sumos sacerdotes e anciãos que eram as autoridades que tinham a responsabilidade para com a sociedade e para com o povo. Mas conta também para cada um de nós que temos responsabilidade com o meio ambiente, com a justiça, com o amor ao próximo, com o cuidado com a vida.
Na parábola Jesus fala do proprietário que plantou uma vinha com muito carinho e cuidado, cofiando a vinhateiros o cuidado por ela. Eles se responsabilizaram em cuidar da vinha e partilhar os frutos que ela produzisse. Porém quando chegou o tempo da colheita, esses vinhateiros não quiseram partilhar os frutos e espancaram e mataram aqueles que o proprietário enviou para receber os frutos. Até mesmo o filho do dono da vinha eles mataram.
O proprietário da vinha é Deus. A vinha que ele plantou e cuidou com tanto carinho e amor é o mundo no qual vivemos. Os vinhateiros somos todos nós, chamados a esse mundo para uma missão, a missão de cuidar dessa vinha. Os empregados são os profetas, os mártires, os discípulos e missionários de Jesus, os que assumem a missão de anunciar e denunciar as injustiças, os que têm a responsabilidade de buscar os frutos desta vinha para o Senhor.
Por isso, nos cabe ver como estamos zelando das coisas que Deus confiou ao nosso cuidado, principalmente que frutos estamos produzindo para a vida do mundo. Deus nos concede sua graça e sua força, para que possamos alimentar com o dom de seu amor a vida das pessoas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.