Por Evangelho em Libras Em Evangelhos

Evangelho em Libras | 21º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R

Interprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

(Mt 16,13-20)
Naquele tempo, Jesus foi à região de cesárea de Filipe e aí perguntou a seus discípulos: “quem dizem os homens ser o filho do homem?” Eles responderam: “alguns dizem que é João Batista; outros, que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.
Então Jesus lhes perguntou: “e vós, quem dizeis que eu sou?”
Simão Pedro respondeu: “tu és o Messias, o filho do Deus vivo”. Respondendo, Jesus lhe disse: “feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso, eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. Eu te darei as chaves do reino dos céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.
Jesus, então, ordenou aos discípulos que não dissessem a ninguém que ele era o messias.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor!

REFLEXÃO
A liturgia deste domingo traz como tema para nossa reflexão a responsabilidade que Deus confia a cada um de nós.
No evangelho vemos Jesus confiando a Pedro a grande responsabilidade de governar a igreja. Para isso, foi preciso que Pedro respondesse com toda convicção de seu coração quem é Jesus. Esse foi o critério fundamental para que lhe fosse confiada essa responsabilidade dentro do grupo dos discípulos. Pois quem não sabe quem é Jesus, não terá condições de agir conforme seus ensinamentos.
Reconhecemos que há muitos que se dizem cristãos, mas desconhecem realmente quem Jesus é. Por isso há tanto desrespeito à vida, tanta maldade e tanto desamor entre cristãos. Muitos ainda louvam a Deus com os lábios, mas o coração vive distante da vontade do senhor. No mundo da política há tantos que se dizem cristãos, mas facilmente se corrompem por outros interesses que não são os do evangelho. Há muitos cristãos, em vários ambientes da sociedade, que aprovam leis contrárias à dignidade da vida, ou com práticas de preconceito e exclusão. Então não basta apenas fazer um discurso bonito sobre Jesus, é preciso viver nele e viver do jeito dele, e isso somente é possível quando não são apenas os lábios que professam a fé, mas sim quando coração é capaz de reconhecer e acolher Cristo.
Pedro, neste ato de fé, se compromete com a vida e a missão de Jesus. Pois quando sou capaz de responder quem é Jesus na minha vida, eu também assumo participar da vida dele. Sem saber quem Jesus é não podemos segui-lo verdadeiramente.
Por isso, em nosso discipulado missionário, é fundamental responder a esta pergunta que Jesus faz aos seus discípulos. Somente é capaz de anunciar Jesus aos outros, quem primeiramente o acolheu como salvador em sua vida. Pedro dá o bonito testemunho de que na força do espírito santo ele consegue enxergar para além das aparências, para além daquilo as que as pessoas veem, e reconhece no mestre o filho de Deus que veio para salvar o mundo.
Renovemos em nosso coração a fé em Jesus e que realmente o tenhamos como o caminho, a verdade e a vida.

.:: Salmos em sua Essência | Ano A - 21º Domingo do Tempo Comum - Salmo 137

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Evangelho em Libras, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.