Por Evangelho em Libras Em Evangelhos

Evangelho em Libras: 31º Domingo do Tempo Comum – Ano C

Intérprete: Simone Vecchio
Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães, C.Ss.R

Deus Conosco
Editora Santuário


(LC 19,1-10)

Naquele tempo, 1Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. 2Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico.

Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. 4Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. 5Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa”.

Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria.

Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!”

Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”.

Jesus lhe disse: “Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. 10Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor!

Reflexão

Nossa fé no seguimento de Jesus nos leva a gestos concretos, como nos revela a liturgia de hoje. Zaqueu era um homem de muitos bens e poderoso, despojou-se de tudo, partilhou e tornou-se solidário aos pobres e marginalizados.

Acolher Jesus em sua casa é hospedar o necessário e o mais importante. Nesse sentido, sua riqueza o fazia autossuficiente e indiferente ao sofrimento dos outros. Zaqueu acolhendo Jesus em sua casa permite uma mudança radical em sua vida. Dá metade de seus bens aos pobres e devolve quadruplicado o que roubou.

Zaqueu não conhecia Jesus, pois desejava muito encontrar com Ele e saber quem era. Então sobe na figueira para se tornar visível no meio da multidão. Jesus o nota em cima da árvore e o chama pelo nome: Zaqueu desce depressa! Hoje devo me hospedar na sua casa!

É misterioso a ação de Jesus. Ele vai além do esperado. Hospedar na casa de um pecador, de um malvisto.

Desce depressa! Vou ficar na sua casa. É Jesus nos ensinando a amar o pecador, a estender a mão, a não marginalizar. A conversão de Zaqueu nasce do ato de amor de Jesus para com ele. Jesus que não faz acepção de ninguém, quer apenas gerar vida nova naquele que estava distante da graça de Deus.

Antes, porém de Jesus entrar em sua casa o extraordinário acontece: a acolhida sincera de Jesus. De tal modo que o leva a mudar de vida, a querer ser melhor. E ao entrar em sua casa exclama: Hoje a salvação entrou nessa casa.

Que possamos também nós abrir nosso coração para que Jesus faça morada em nós.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Evangelho em Libras, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.