Por Evangelho em Libras Em Evangelhos

Evangelho em Libras | 3º Domingo da Quaresma – Ano A

3º Domingo da Quaresma

Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R
Interprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

 

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

Jo 4,5-15.19b-26.39a.40-42

Naquele tempo, Jesus chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, perto do terreno que Jacó tinha dado ao seu filho José. Era aí que ficava o poço de Jacó. Cansado da viagem, Jesus sentou-se junto ao poço. Era por volta de meio-dia. Chegou uma mulher de Samaria para tirar água. Jesus lhe disse: “Dá-me de beber”.


Os discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. A mulher samaritana disse então a Jesus: “Como é que tu, sendo judeu, pedes de beber a mim, que sou uma mulher samaritana?” De fato, os judeus não se dão com os samaritanos.
Respondeu-lhe Jesus: “Se tu conhecesses o dom de Deus e quem é que te pede: ‘Dá-me de beber’, tu mesma lhe pedirias a ele, e ele te daria água viva”.


A mulher disse a Jesus: “Senhor, nem sequer tens balde e o poço é fundo. De onde vais tirar água viva? Por acaso, és maior que nosso pai Jacó, que nos deu o poço e que dele bebeu, como também seus filhos e seus animais?”


Respondeu Jesus: “Todo aquele que bebe desta água terá sede de novo. Mas quem beber da água que eu lhe darei, esse nunca mais terá sede. E a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água que jorra para a vida eterna”.
A mulher disse a Jesus: “Senhor, dá-me dessa água, para que eu não tenha mais sede e nem tenha de vir aqui para tirá-la”. “Senhor, vejo que és um profeta! Os nossos pais adoraram neste monte, mas vós dizeis que em Jerusalém é que se deve adorar”.
Disse-lhe Jesus: “Acredita-me, mulher: está chegando a hora em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não conheceis. Nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus.
Mas está chegando a hora, e é agora, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade. De fato, estes são os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e aqueles que o adoram devem adorá-lo em espírito e verdade”.
A mulher disse a Jesus: “Sei que o Messias (que se chama Cristo) vai chegar. Quando ele vier, vai nos fazer conhecer todas as coisas”.
Disse-lhe Jesus: “Sou eu, que estou falando contigo”.
Muitos samaritanos daquela cidade abraçaram a fé em Jesus. Por isso, os samaritanos vieram ao encontro de Jesus e pediram que permanecesse com eles. Jesus permaneceu aí dois dias. E muitos outros creram por causa da sua palavra. E disseram à mulher: “Já não cremos por causa das tuas palavras, pois nós mesmos ouvimos e sabemos que este é verdadeiramente o salvador do mundo”.

REFLEXÃO 

O terceiro domingo da quaresma nos coloca diante do poço inesgotável de água viva que é Jesus, para que Nele seja saciada toda nossa sede de vida, de justiça e de paz.
Jesus ao atravessar a Samaria passa pelo poço de Jacó. Os Samaritanos não se davam com os judeus, e Jesus, mesmo sendo Judeu, vai ao território samaritano, pois ele sabe que os samaritanos também tem sede de Deus, mas que estão buscando a água da vida numa fonte errada. Na beira do poço Jesus tem sede. A sede de Jesus é de justiça, Jesus tem sede de ver o povo, simbolizado na mulher que foi ao poço buscar água, sendo saciado de vida plena.
A beira do poço de Jacó Jesus inicia um diálogo com a mulher samaritana, fazendo a ela um pedido. O pedido que Jesus faz é para que ela conhecesse o dom de Deus e a oportunidade que ele estava dando de saciar sua sede de vida. Aos poucos a mulher vem entendendo quem é Jesus, e assim ela acolhe sua palavra e o dom do amor que Ele oferece, e bebendo na fonte da vida que é Jesus ela se faz discípula missionária Dele, a ponto de anuncia-lo aos demais samaritanos, que também foram ao encontro de Jesus e acreditaram Nele.
Por isso, nesta quaresma, somos convidados a nos aproximar desta fonte de água viva que é Jesus e permanecer com ele. Pois quem bebe da água viva que é Jesus muda radicalmente sua vida, como fez a mulher samaritana. Quaresma é esse tempo especial de nos dirigirmos à beira do poço onde está Jesus, ele nos ensinará a encontrar a água que nos sacia da sede de Deus. Assim adoraremos o Senhor em espírito e verdade, e não nos prenderemos a coisas que tiram de nossa vista aquilo que é essencial.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Evangelho em Libras, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.