Por A12 (Principal) Em Evangelhos Atualizada em 18 MAR 2019 - 11H58

Evangelho em Libras - Solenidade de todos os Santos – Ano A


Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

(Mt 5,1-12A)

Naquele tempo, vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:
“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. 
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. 
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. 
Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus! 
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus”.

— Palavra da Salvação
— Glória a vós, Senhor!

Reflexão
Celebrar todos os santos é refletir sobre o caminho de santidade que fomos motivados a percorrer pelo nosso batismo. Todos somos chamados a ser santos, como o próprio Jesus nos diz: “sede santos como vosso pai do céu é santo”. 
A santidade é permitir que a palavra de Jesus nos ensine a fazer em tudo a vontade do pai, buscando sempre a justiça que constrói. Santidade é amar o que é de deus e amar em Deus. Pois vivendo na verdade do amor, seremos a imagem do Deus amor que nos criou. Assim, a santidade é a meta a ser atingida por todos que receberam o batismo e se propuseram a seguir cristo. 
A solenidade de todos os santos é uma celebração antiga na igreja. Ela foi fixada no ano de 835, pelo papa Gregório IV. Nesta liturgia o evangelho nos apresenta o caminho proposto por Jesus para se alcançar a santidade na vida. As bem-aventuranças que Jesus proclamou, é a proposta concreta das atitudes que precisamos ter para sermos revestidos da santidade de Deus.
A proclamar felizes os pobres em espírito, os mansos, os que promovem a paz, Jesus está ensinando que o caminho para a verdadeira felicidade é o caminho da santidade. Quer ser feliz, seja santo. Poderíamos até dizer rezando o evangelho de hoje: estão no caminho da santidade os pobres em espírito. Estão no caminho da santidade os que são misericordiosos. Estão no caminho da santidade o que tem fome e sede de justiça. Estão no caminho da santidade os que são perseguidos por causa do reino de Deus. Por isso, ao rezamos a memória dos santos e santos, rezamos o amor de Deus do qual eles foram testemunhas vivas. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por A12 (Principal), em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.