Por Redação A12 Em Mundo

Dia Mundial do Doador de Sangue: campanha agradece quem doa

O Dia Mundial do Doador de sangue é celebrado nesta terça-feira (14), esse ano sob tema : “O sangue nos une. Compartilhe vida, doe sangue”, a campanha de 2016 busca agradecer quem doa e destacar a solidariedade e conexão entre doador e paciente.

doacao_sangue_2016

Uma boa notícia da Organização Mundial da Saúde aponta que a porcentagem de doadores voluntários tem crescido levemente, quatro pontos percentuais entre 2010 e 2014 (de 41% a 45%), segundo os últimos dados disponíveis. A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) conclama as pessoas a aproveitar este dia mundial para se converterem em doadoras voluntárias e regulares de sangue.

Mesmo com essa boa notícia há ainda pesquisas que mostram que um estoque adequado e confiável de sangue seguro só pode ser garantido mediante doadores de sangue voluntários e regulares – não remunerados e na América Latina e no Caribe, pouco mais de 45% dos cerca de 9,2 milhões de unidades de sangue coletadas para transfusões em 2014 vieram de doadores voluntários, enquanto os restantes 55% são originários de doadores de reposição, normalmente pessoas que doam sangue em caráter de emergência quando um familiar ou amigo necessita.

Cada doação voluntária de sangue pode salvar até três vidas.

A campanha deste ano chama a atenção sobre a importância dos sistemas de doação voluntária como forma de fomentar o cuidado ao próximo e a coesão comunitária.

“A participação da comunidade é essencial para alcançar o acesso universal a um abastecimento de sangue seguro, suficiente e sustentável, que garante que sangue e seus componentes estejam disponíveis quando e onde eles são necessários”, disse María Dolores Pérez-Rosales, assessora regional de sangue serviços e transplantes de órgãos da a OPAS/OMS. “Precisamos tanto do compromisso das autoridades de saúde quanto da solidariedade das comunidades, porque doar sangue várias vezes por ano é um ato simples que salva vidas.”

A OPAS (organização Pan-americana de Saúde), Escritório Regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS), está trabalhando com os seus países membros em direção a um objetivo ambicioso, mas possível: que 100% do sangue necessário para transfusões seja obtido de doadores voluntários em 2019.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.