Por Wallison Rodrigues Em Música

Gravação do CD: "Das Redes ao Coração"

Aconteceu nos dias 12-14/06/2015 em Florianópolis/SC mais uma etapa da gravação do CD “Das redes ao Coração!”. Momento magnífico proporcionado pela providência divina.

 

O coro já havia sido gravado há algumas semanas atrás pelo Coral Encantos, sob a maestria de Robson Medeiros. Na sexta-feira (12/06) nos preparamos e no sábado (13/06) foram os momentos de gravações dos solistas do CD, que deram mais brilho e esplendor ao projeto. Com certeza, grandes e eternos momentos no estúdio do Alécio Costa. Grandes foram os momentos de deleite e encantamento, únicos e graciosos... Gostaria de partilhar alguns:

1. UM POVO MUSICAL – Particularmente eu não conhecia a cidade de Florianópolis/SC, diferente de Júnior Campos. Tudo era muito novo, uma cultura um pouco diferente daqui do nosso Goiás! Mas, nosso intento era acompanhar, ver de perto o projeto e contribuir de algum modo. Ao chegar à cidade, nos primeiros contatos com povo, notei uma cultura bastante musical. Há um povo que gosta de cantar e preza um canto aprimorado, repleto de vozes. Por outro lado, aqueles que não cantam, apreciam muito bem, com muito zelo e carinho. Enfim, um modo diferente e especial de cantar a vida, na simplicidade em que ela se dá a nós. Ah! Também vale ressaltar que ali era a terra onde José Acácio Santana trabalhou e, ainda hoje, o povo celebra muito bem seus oratórios (de natal, da Paixão e de Pentecostes) e canta suas músicas. Este ambiente litúrgico-musical foi muito enriquecedor, um presente de Deus a todos nós.

2. DEVOÇÃO MARIANA – Outro elemento muito louvável, que ratifica a feliz iniciativa na gravação do CD em Florianópolis/SC, é o caráter devocional do povo. Fiquei encantado em ver tamanha piedade e devoção popular que gira em torno da Virgem Mãe Aparecida. Eu poderia contar algumas histórias de momentos ali vivenciados, mas vou me ater à essência: a confiança em Nossa Senhora Aparecida. O simples beijar piedoso de uma medalhinha ou o rezar a Ave Maria antes das gravações, o povo que se consagra a Nossa Senhora, as imagens que possuem em casa ou nos carros... É perceptível uma fé que não esta vagueando no escuro. Foi sublime perceber essa confiança, fruto de uma fé que faz o povo cantar com Maria o Magnificat e assumir na vida o terno exemplo fiel da discípula do Senhor.

 3. CIDADE DA MAGIA – Poderia ainda escrever sobre o surpreendente friozinho... Mas, algo me chamou ainda mais a atenção: a “Cidade da Magia”. A maioria das pessoas se refere à cidade como a “terra da magia” – procurei entender. Obviamente, se dão aos olhos a beleza da cidade: a famosa ponte, as universidades e parques, a ilha em si com suas belezas naturais, praia, mar, entre outros. Mas, a partir de minha experiência, ouso dizer que o que faz encantadora a cidade são as pessoas que lá se encontram e/ou passam por ela. Encantei-me com a alegria das pessoas, a linda acolhida, o carinho, a dedicação... Verdadeiras “presenças inspiradoras”. Isso, sim, faz da cidade uma “terra da magia”: quem conhece essas pessoas tem sede e saudades pelo reencontro – estamos em boas e amigáveis mãos!

 Quisera eu que todos pudessem fazer a mesma experiência! Precisamos redescobrir a simplicidade das coisas, pois são nestes “sentimentos” que criamos o ambiente ideal para a fé, para uma autêntica relação, para o encontro com Deus, para a vivência litúrgica, entre outros. A vida em si é simples, pois vem de Deus que é simples. Sendo assim, é nesta simplicidade a vida deve ser cantada e encantadora.

De coração louvo muito a Deus por me conceder o dom musical e com ele me dar muitos amigos. Obrigado de coração por tudo. Deus seja louvado!

Abraços musicais de
Wallison Rodrigues

Leia também:
CD contemplará músicas litúrgicas para a solenidade de Nossa Senhora Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Wallison Rodrigues, em Música

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.