Por Redação A12 Em Santo Padre

Francisco faz apelo ao divulgar tema para o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado

refugiados“Migrantes e refugiados nos interpelam. A resposta do Evangelho da misericórdia”. É o tema escolhido pelo Papa Francisco para o 102º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, a ser celebrado em 17 de janeiro de 2016, no âmbito do Ano da Misericórdia.

Francisco “quer tornar presente a dramática situação de tantos homens e mulheres, obrigados a abandonar as próprias terras, e que muitas vezes morrem em tragédias no mar”, adiantou o Pontifício Conselho da Pastoral para os Migrantes, em nota oficial 

Segundo o Pontifício Conselho, o “Papa escolheu este tema diante do risco evidente de que este fenômeno seja esquecido”. 

“O Santo Padre convida o povo cristão a refletir durante o Jubileu sobre obras de misericórdia corporal e espiritual, entre as quais se encontra a de acolher os estrangeiros”, acrescenta a nota.

 

O “Papa escolheu este tema diante do risco evidente de que este fenômeno seja esquecido”.

O texto para o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado é dividido em três partes. A mensagem quer relacionar, de modo explícito, o fenômeno da migração com a resposta dada pelo mundo e, em particular, pela Igreja. “Sendo discípula de Jesus, a Igreja é sempre chamada a anunciar a liberdade aos prisioneiros das novas escravidões da sociedade moderna, ao mesmo tempo que deverá aprofundar a relação entre justiça e misericórdia, duas dimensões de uma única realidade”, pontuou o Conselho.

O Pontifício Conselho orienta que cada diocese celebre o Ano da Misericórdia com iniciativas próprias e, também, o Dia Mundial do Migrante e Refugiado com acolhida. “Que as dioceses e comunidades cristãs que ainda não o fazem, programem iniciativas, aproveitando a ocasião oferecida pelo Ano da Misericórdia; o encorajamento à sensibilização nas comunidades cristãs do fenômeno migratório; que a atenção aos migrantes e a situação por eles vivida não se restrinja a um único dia; a importância de realizar sinais concretos de solidariedade, que expressem proximidade e atenção aos migrantes e refugiado”, orienta o Conselho. 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.