Por Redação A12 Em Santo Padre

Papa Francisco pede aos jovens que não desanimem diante dos obstáculos do mundo

papa missa encerramento polonia_foto Radio VaticanoO Papa Francisco presidiu a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude neste domingo (31) em Cracóvia na Polônia, em sua homilia destacou, a partir do evangelho do Evangelho, os desafios que os jovens devem superar para continuar no caminho de Deus.

Comparando os obstáculos que Zaqueu enfrentou para se aproximar de Jesus, o Papa disse aos jovens que Deus ama a todos mesmo quando achamos que temos defeitos.

“Deus ama-nos assim como somos, e nenhum pecado, defeito ou erro Lhe fará mudar de ideia. Para Jesus – assim como mostra o Evangelho –, ninguém é inferior e distante, ninguém é insignificante, mas todos somos prediletos e importantes: tu és importante!”.

:: Papa Francisco anuncia próxima sede da JMJ: Panamá

Francisco falou ainda sobre não ter vergonha de se entregar aos planos de Deus.

“Queridos jovens, não vos envergonheis de Lhe levar tudo, especialmente as fraquezas, as fadigas e os pecados na Confissão: Ele saberá surpreender-vos com o seu perdão e a sua paz”, aconselhou.

Francisco falou ainda de um terceiro obstáculo que os jovens precisam enfrentar, a preocupação com o outros irão falar ou pensar, que isso não pode ser barreira para ser testemunha do Amor do Pai.

“Como é difícil acolher verdadeiramente Jesus! Como é árduo aceitar um «Deus, rico em misericórdia» (Ef 2, 4)! Poderão obstaculizar-vos, procurando fazer-vos crer que Deus é distante, rígido e pouco sensível, bom com os bons e mau com os maus. Ao contrário, o nosso Pai «faz com que o Sol se levante sobre os bons e os maus» (Mt 5, 45) e convida-nos a uma verdadeira coragem: ser mais fortes do que o mal amando a todos, incluindo os inimigos”.

Finalizando sua homilia, o Santo Padre pediu que os jovens não desanimem diante dos obstáculo e com alegria continuem anunciando o que experimentam de bom com Deus.

“Não desanimeis! Com o vosso sorriso e os vossos braços abertos, pregais esperança e sois uma bênção para a única família humana, que aqui tão bem representais”.

Após a missa de encerramento da JMJ o Papa se encontrou com os voluntários do evento, despediu-se da Polônia e retornou a Roma.

Confira a homília na íntegra:

homilia_do_papa_francisco_no_encerramento_da_jornada_mundial_da_juventude_na_polonia

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.