Por Redação A12 Em Santo Padre

Papa Francisco volta ao tema da misericórdia na catequese desta quarta

Na Sala Paulo VI nesta qurta -feira (23), no Vaticano, o Papa Francisco voltou a destacar o tema da misericórdia em sua catequese.

papa_francisco_sala_paulo_vi

Lembrando duas obras de misericórdia espirituais: dar bom conselho e ensinar os aqueles que não sabem, o Santo Padre refletiu sobre as injustiças atuais.

“Em um mundo em que o progresso técnico científico chegou tão alto que existam ainda crianças analfabetas isso não se pode entender, é uma injustiça. É uma condição de grande injustiça que toca a dignidade da pessoa, sem instrução se torna depois facilmente presa da exploração e de várias formas de problemas sociais”, ilustrou.

:: Inspirado pelo Ano da Misericórdia, Papa institui Dia Mundial dos Pobres
:: Papa fecha Porta Santa e encerra o Ano da Misericórdia

Aos milhares de fiéis presentes na Sala Paulo VI, o Papa pediu um grande aplauso aos educadores da Igreja que assumem a missão de ensinar e transformar a sociedade.

 

"A instrução, portanto é realmente uma peculiar forma de evangelização".

“A instrução, portanto é realmente uma peculiar forma de evangelização. Quanto mais aumenta a instrução, mais as pessoas adquirem certezas e a consciência de que todo nós temos necessidades na vida”, reforçou.

Sobre a obra de misericórdia de dar conselhos a quem tem dúvidas, o Papa orienta essa atitude como um verdadeiro ato de amor.

“A obra de misericórdia de aconselhar quem tem dúvidas [... ] É portanto um ato de verdadeiro amor com o qual se pretende apoiar uma pessoa na fraqueza provocada pela incerteza”, disse.

Encerrando a catequese, o Papa reforçou que para ser misericordiosos é necessário sentir e testemunhar verdadeiramente o amor de Deus.

“O ensinamento mais profundo que somos chamados a transmitir é o amor de Deus com o qual fomos amados uma amor grande, gratuito e dado para sempre. Deus nunca faz marcha ré, vai sempre avante, permanece ali, é o amor dado para sempre do qual devemos sentir forte a responsabilidade para sermos testemunha oferecendo misericórdia aos nossos irmãos”, finalizou.

 

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.