Por Redação A12 Em Santo Padre

Papa recorda presença da mulher na evangelização em mensagem

A presença da mulher na evangelização foi destacada pelo Papa Francisco em sua mensagem para o Dia Mundial das Missões. A data é celebrada pela Igreja em todo o mundo no terceiro domingo de outubro. 

Irmãs em missão no Haiti.Irmãs em missão no Haiti. 

“Igreja missionária, testemunha de misericórdia” é o título escolhido pelo Santo Padre para a celebração desta data que remete todos os cristãos a uma maior conscientização sobre a sua missão no mundo. Ao divulgar o tema da mensagem durante a Oração do Regina Coeli no domingo (15), Papa Francisco falou sobre a proposta da mensagem aos presentes:

"Hoje, no contexto muito apropriado de Pentecostes, é publicada a minha mensagem para o próximo Dia Mundial das Nações, celebrado a cada ano no mês de outubro. Que o Espírito Santo dê força a todos os missionários ad gentes e apoie a missão da Igreja no mundo inteiro. E que o Espírito Santo nos dê jovens - moças e rapazes - fortes, que tenham vontade de anunciar o Evangelho. Peçamos isto hoje ao Espírito Santo", afirmou o Pontífice. 

A respeito da marcante presença feminina no mundo missionário, Francisco exaltou as inúmeras mães, leigas, consagradas que se dedicam com perserverança no anúncio do Evangelho. 

"Sinal eloquente do amor materno de Deus é uma considerável e crescente presença feminina no mundo missionário, ao lado da presença masculina. As mulheres, leigas ou consagradas – e hoje também numerosas famílias –, realizam a sua vocação missionária nas mais variadas formas: desde o anúncio direto do Evangelho ao serviço sociocaritativo. Ao lado da obra evangelizadora e sacramental dos missionários, aparecem as mulheres e as famílias que entendem, de forma muitas vezes mais adequada, os problemas das pessoas e sabem enfrentá-los de modo oportuno e por vezes inédito: cuidando da vida, com uma acrescida atenção centrada mais nas pessoas do que nas estruturas e fazendo valer todos os recursos humanos e espirituais para construir harmonia, relacionamento, paz, solidariedade, diálogo, cooperação e fraternidade, tanto no setor das relações interpessoais como na área mais ampla da vida social e cultural e, de modo particular, no cuidado dos pobres". 

Francisco destacou ainda que a mensagem quer ressoar no coração de cada fiel o apelo do Jubileu da Misericórdia. 

"O Jubileu Extraordinário da Misericórdia, que a Igreja está a viver, proporciona uma luz particular também ao Dia Mundial das Missões de 2016: convida-nos a olhar a missão ad gentes como uma grande, imensa obra de misericórdia quer espiritual quer material. Com efeito, neste Dia Mundial das Missões, todos somos convidados a 'sair', como discípulos missionários, pondo cada um a render os seus talentos, a sua criatividade, a sua sabedoria e experiência para levar a mensagem da ternura e compaixão de Deus à família humana inteira". 

Confira a mensagem na íntegra:

Mensagem para o 90º Dia Mundial das Missões - “Igreja missionária, testemunha de misericórdia” 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.