Por Redação A12 Em Santo Padre

Sem conversão ação religiosa é ineficaz, diz Papa na catequese

“Misericórdia é que eu quero, e não sacrifício”. Partindo desta máxima de Jesus no contexto bíblico da vocação de Mateus, o Papa Francisco afirmou durante a catequese desta quarta-feira, (13), que qualquer atitude religiosa que não provenha do arrependimento é ineficaz. A catequese do Papa continua a reflexão sobre a misericórdia no âmbito do Jubileu Extraordinário. 

“‘Misericórdia é que eu quero’, ou seja, a lealdade de um coração que reconhece os próprios pecados, que se arrepende e volta a ser fiel à aliança com Deus. ‘E não sacrifício’: sem um coração arrependido, toda ação religiosa é ineficaz”, disse Francisco.

Papa na catequese do dia 13 de abril de 2016

A vocação de Mateus é uma grande lição que recorda que a Igreja não é uma comunidade de seres perfeitos, mas de discípulos que seguem ao Senhor porque se reconhecem pecadores e necessitados do seu perdão. Mateus era um publicano, coletor de impostos, considerado um pecador público. Ao chamá-lo, Jesus mostra aos pecadores que não olha para o seu passado, condição social ou convencionalismos exteriores. Ele não quer uma religiosidade de fachada, como a dos fariseus, a quem lembra que Deus quer a misericórdia e não sacrifício.

A quem aceita o seu convite com um coração humilde e sincero, Jesus oferece um futuro novo, que significa também ser chamado a sentar-se na sua mesa. E a mesa de Jesus, que transforma e salva, é dupla: a mesa da palavra, onde Ele se revela e fala como amigos, e a mesa da Eucaristia, onde Ele nutre com o seu corpo e renova a graça do Batismo.

“Diante de Jesus nenhum pecador é excluído - nenhum pecador é excluído -, porque o poder reparador de Deus não conhece doença que não possa ser curada”, declarou Francisco.

O Papa repetiu uma frase que o tem acompanhado na sua vida, para ilustrar a sua meditação: “Não há santo sem passado nem pecador sem futuro”.

“A vida cristã é uma escola de humildade que nos abre à graça”, insistiu.

Francisco lembrou que no próximo domingo a Igreja celebra o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. 

Veja a catequese na íntegra: 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.