Notícias

Missão Redentorista acontece em ilha remota nas Filipinas

Ação missionária durou oito meses em comunidades que recebiam visita da Igreja a cada seis meses

Escrito por Redentoristas

14 JUN 2024 - 17H11

Santa Misyon Close

A Equipe Missionária da Comunidade Redentorista de Legazpi, sul das Filipinas, localizada aos pés do vulcão Mayon, e pertencente à Vice-Província de Manila, pregou uma Missão Popular especial, segundo a verdadeira tradição de Santo AfonsoLeia MaisProjeto do amor de Deus Pai é tema de novo episódio do “Vozes da Missão”Saiba como foi realizada a Missão Redentorista em Presidente Prudente3 símbolos da Missão Redentorista

Depois de um cuidadoso planejamento, a missão durou oito meses na Ilha de Tagngan, que foi dividida em seis áreas de missão, cada uma com mais ou menos trinta famílias.

A equipe missionária, formada por dois redentoristas professos, dois postulantes redentoristas e três Missionários Leigos, se desdobrou para evangelizar estes “cabreiros dos tempos de agora”.

Recebendo a visita do padre diocesano a cada seis meses, a ilha carecia de um maior cuidado pastoral. Parte dos seus moradores ganha a vida como pescadores, ainda segundo o método tradicional, saindo ao mar em pequenas embarcações e outra parte trabalha como agricultores, se dedicando basicamente ao cultivo do arroz.

Santa Misyon Close
Santa Misyon Close
Ilha carecia de um maior cuidado pastoral


A vida dos moradores é muito simples e a população enfrenta grandes dificuldades, sobretudo, devido as complicadas das condições de acesso ao continente, pois não existe ponte ou estrada e tudo se faz de barco. O medo de perder as terras é muito grande, porque está acontecendo uma invasão imobiliária e turística com a construção de hotéis e resorts de luxo. Como sempre acontece, o turismo é rico, mas o povo é pobre.

Conviver e assumir as condições de vida da população

Para a realização da Ação Missionária, foram feitas diversas visitas missionárias, onde os missionários conviviam com as pessoas, conhecendo sua realidade social e religiosa. Aos poucos foram conquistando a população e reunindo as pessoas para a oração, prática devocional e catequese, além de estabelecer comunidades na base. Também foram realizados diversos encontros para a capacitação de catequistas em vista da regularização da vida dos fiéis em relação aos sacramentos da iniciação cristã e matrimônio, celebrados de forma comunitária no final da missão.

No final da missão, durante a Missão da Perseverança, com a presença do pároco, foi feito o “envio” dos animadores leigos e catequistas para a continuação das missões.

Santa Misyon Close
Santa Misyon Close
Missão provocou um verdadeiro renascimento da comunidade católica


A missão provocou um verdadeiro renascimento da comunidade católica durante os oito meses de duração, sendo que já está programada uma nova missão, no mesmo estilo, em outra área da grande paróquia, quase toda ela insular.

Presença do Perpétuo Socorro, garantia da perseverança

Um elemento significativo destas missões foi a presença do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que foi levado pela equipe missionária.

O ícone permaneceu na capela da comunidade nos oito meses das missões e todas as quartas-feiras eram realizadas novenas perpétuas com grande fervor das pessoas.

No encerramento das missões, o Superior Vice-Provincial redentorista entregou uma cópia do ícone para a igreja da ilha e os leigos aceitaram com emoção a responsabilidade de continuar a devoção se reunindo todas as quartas-feiras.

Santa Misyon Close
Santa Misyon Close
Presença do Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi um elemento significativo destas missões


No final da Missa da Perseverança, após uma confraternização com o alimento trazido pelas pessoas sendo partilhado, foi realizada uma procissão com o ícone de Nossa Senhora até o barco que conduziria os missionários de volta para casa.

O trabalho da equipe missionária foi um claro testemunho proclamado e vivido em comunidade. A pregação das Santas Missões é uma forte atividade pastoral na Vice-Província de Manila, e um elemento que se destaca é o envolvimento dos vocacionados, formandos e pastoral juvenil nas atividades missionárias.

Tradução livre: Pe. Inácio Meeiros, C.Ss.R.

Fonte: José Ivel Mendanha, C.Ss.R - Consultor Geral

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...