Por Redação A12 Em Obras Sociais

CAS São Clemente recebe palestrantes nos meses de Fevereiro e Março de 2014

As propostas para as Reuniões Socioeducativas de Fevereiro e Março, realizadas nos dias 21/02 e 21/03 respectivamente, surgiram da necessidade de abordar temas importantes e necessários, e que devem ser expostos com propriedade de conhecimento. Neste sentido, respondendo a uma solicitação do CAS São Clemente, o Enfermeiro e Gerente Jorge Fadal Kukichi e equipe do CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento de DSTs e a Psicóloga Shirlei Cristina de Fátima Martins do Centro de Defesa e de Convivência da Mulher Anastácia de Cidade Tiradentes compareceram à instituição para ministrar as palestras.

O tema escolhido para o mês de fevereiro apresentado pelo CTA, se deu não só com o objetivo de conscientização e prevenção das doenças sexuais, muitas vezes causadas pela falta de conhecimento e ausência de cuidados básicos e necessários, mas também pela proximidade da data festiva do Carnaval.

Os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) são serviços de saúde que realizam ações de diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Nesses serviços, é possível realizar testes para HIV, sífilis e hepatites B e C gratuitamente. O atendimento é inteiramente sigiloso e oferece a quem realiza o teste a possibilidade de ser acompanhado por uma equipe de profissionais de saúde que a orientará sobre resultado final do exame, independente dele ser positivo ou negativo. Após o término da palestra realizada no CAS São Clemente, foi feito teste rápido de HIV com a devolutiva do resultado em poucos minutos. Este foi bem recebido pela maioria dos participantes que se dispuseram a fazê-lo, totalizando 22 voluntários.

Já o tema apresentado pelo Centro de Defesa e de Convivência da Mulher, foi pensado para o mês de Março, não só pela comemoração ao dia Internacional da Mulher e apresentação deste serviço tão necessário e importante na região de Cidade Tiradentes, mas com o objetivo de levar às mulheres participantes e seus familiares ao conhecimento de seus direitos e o fortalecimento das mesmas enquanto cidadãs.

O Centro de Defesa e de Convivência da Mulher caracteriza-se por oferecer proteção e apoio a mulheres e seus familiares em razão da violência doméstica e familiar, causadora de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral. Tem como objetivo acolher as mulheres em situação de violência, oferecendo atendimento psicossocial, orientações e encaminhamento jurídico necessários à superação da situação de violência, contribuindo para o fortalecimento da mulher e o resgate de sua cidadania.

A presença de palestrantes nas temáticas apresentadas foi muito bem recebida pelos presentes, pois se sentiram seguros em sanar dúvidas com profissionais ligados diretamente à realidade do tema.

Após o final das palestras, foi realizada a cerimônia de encerramento do período de participação de algumas famílias beneficiadas e comemoração dos aniversariantes do mês.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Obras Sociais

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.