Por Redentoristas Em Notícias

CAS Perpétuo Socorro realiza “Bazar” para os beneficiários

As crianças e adolescentes do Programa Semear participaram nos dias 05 e 06 de dezembro do “Bazar” Semestral do CAS-PS. A atividade é realizada duas vezes por ano e é uma espécie de “lojinha” na qual os beneficiários podem trocar a pontuação conseguida através de seu comportamento ao longo dos meses por prêmios variados. Os pontos são adquiridos por meio da autoavaliação diária, momento em que cada um deve refletir e avaliar sobre como se comportou nas atividades do dia, sendo que quem não apresentar nenhum comportamento de indisciplina recebe 2 pontos, quem descumprir uma das regras recebe 1 ponto e quem descumprir mais de uma regra não ganha nenhum ponto no dia. Estes pontos são somados e geram um total ao final de cada semestre.

A escolha dos prêmios de cada beneficiário dependia da sua pontuação total, sendo que a ordem de chamada para ir até o Bazar foi decrescente, ou seja, quem possuía a maior quantidade de pontos poderia escolher primeiro, além de ter a oportunidade de pegar os prêmios da “mesa especial”, que continha os itens mais desejados por eles, como os fones de ouvido, bolas, pendrives e caixinha de som. Todas as crianças que conseguiram acima de 30% do total de pontos puderam levar 2 produtos diferentes e os que conseguiram menos, levaram apenas um.

A proposta do Bazar foi de fazer com que os beneficiários percebessem de maneira mais concreta o quanto o seu comportamento pode trazer bons resultados, além de incentivar aqueles que tem menos pontos devido a comportamentos inadequados a tentar melhorar o comportamento, frequência e cumprimento das regras durante as atividades. Por meio do Bazar também foi trabalhada a questão do poder de escolha das crianças e adolescentes, pois tiveram de verificar as possibilidades e ponderar aquilo que era mais agradável e útil para si.

Os produtos e prêmios disponibilizados foram bastante variados contando com guloseimas diversas como chicletes, chocolates, doces, balas, bolachas, refrigerantes, salgadinhos, nutella, além de itens como fones de ouvido, pendrive, chinelos, copos decorados, bolas, kits de meias, ursos de pelúcia, caixinhas de som, bonecas, personagens, entre muitos outros.

Com a chegada do Bazar os beneficiários demonstraram grande empolgação, ansiedade e curiosidade para saber quais os produtos que seriam disponibilizados e o que conseguiriam levar para casa. Durante a realização ficam muito felizes, principalmente quando conseguiram o prêmio que mais queriam.

A atividade demonstrou resultados muito satisfatórios e positivos, pois através dela todos os beneficiários foram contemplados, podendo escolher e adquirir um produto através de seu próprio esforço, valorizando assim cada um deles dentro de suas especificidades.

Laurie de Paula – Educadora Social



Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.