Por Thamara Gomes Em Notícias

Exemplo e motivação para a caminhada: a missão dos formadores redentoristas

Eles são verdadeiros pais durante os anos de seminário. São eles que dão bronca mas que também estendem a mão para ajudar naquilo que for necessário. São eles que cuidam da agenda da comunidade formativa e que ficam no pé quando o assunto é oração, trabalho e estudo. É o nome de cada um deles que os seminaristas vão se lembrar por muitos e muitos anos, mesmo depois de deixar o seminário.

Foto de: arquivo provincial

Equipe de formadores redentoristas - 2017

Equipe de formadores e promotores vocacionais da Província de São Paulo reunidos com os formandos
do Seminário São Clemente I, em Campinas (SP).

 

Os formadores são grandes exemplos durante a caminhada vocacional. Como bem disse o Papa Francisco, são homens e mulheres de coragem, capazes de transmitir, com o próprio testemunho, a beleza da consagração.

Para este ano, a Congregação Redentorista – Província de São Paulo apresentou novos formadores e auxiliares para muitas casas de formação. Ir. Cláudio Aparecido Teixeira, CSsR, é experiente nessa função. Já foi formador no Seminário São Geraldo, onde residem os candidatos a irmãos redentoristas, e, no ano passado, era o responsável pela formação no Seminário São Clemente II, casa dos pré-noviços. Em 2017, assumiu a função de auxiliar na formação dos aspirantes do ensino médio. O Missionário Redentorista falou sobre a nova função do Seminário Santo Afonso, em Aparecida (SP).

Foto de: Portal A12

Irmão Cláudio Aparecido Teixeira

Ir. Cláudio Aparecido,
formador no Seminário Santo Afonso.

“É um desafio maior pois eles ainda estão naquela fase de descoberta vocacional, não trabalharam ainda, muitos não namoraram. É um desafio para o formador acompanhar essa garotada toda nesse início da formação. Mas, ao mesmo tempo, é uma alegria estar com eles”.

É importante ressaltar que todos os religiosos e todas as comunidades são formadoras. A missão de educar não deve ficar restrita aos indicados como formadores.

“O que nós temos que fazer é rezar para que esses jovens continuem perseverantes e que os desafios da vida não venham atrapalhar a caminhada vocacional deles. E que nós, formadores, possamos ajudar para que eles cresçam e amadureçam na fé, na vida cristã, na dimensão humana, na dimensão espiritual e intelectual. Para que eles sejam bons cristãos primeiramente, e depois, Missionários Redentoristas”, concluiu Ir. Cláudio.

Confira a lista de formadores redentoristas e auxiliares na formação inicial da Província de São Paulo:

Seminário Santo Afonso: Pe. João Paulo de Oliveira e Ir. Cláudio Aparecido Teixeira;
Seminário Propedêutico Santíssimo Redentor: Pe. Ancelmo Alencar Gomes e Pe. Luís Rodrigues Batista;
Seminário São Geraldo (formação dos irmãos): Pe. Domingos Sávio da Silva;
Seminário São Clemente I: Pe. Arcanjo Valdivino;
Seminário São Clemente II (pré-noviciado): Pe. José Gabriel Mariano;
Comunidade Pe. Vitor Coelho de Almeida (Vocações Adultas): Pe. Jerônimo Colombo;
Seminário Santa Teresinha (noviciado): Marcelo Conceição Araújo, mestre de noviços
Juniorato: Pe. José Manoel Belo de Oliveira, Pe. Carlos Vitor Pinheiro da Cruz, Pe. Carlos Gonzaga da Silva e Pe. Antônio Carlos Vanin Barreiro.

“A beleza da vida consagrada é um dos tesouros mais preciosos da Igreja, e ser formador é igualmente belo porque é um privilégio participar na obra do Pai que forma o coração do Filho naquele que o Espírito chamou”. (Papa Francisco)

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Thamara Gomes, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.