Por Secretariado Vocacional Redentorista Em Notícias

Testemunho Vocacional: Pe. Geraldo de Paula

Foto de: A12.com

Padre Geraldo

Pe. Geraldo de Paula

O bate-papo vocacional desta vez foi com o Padre Geraldo de Paula Souza, CSsR. O missionário redentorista hoje trabalha no Santuário Nacional de Aparecida, mas já foi formador e promotor vocacional da Província de São Paulo.

Chega de lero lero! Confira a história vocacional do Padre Geraldo de Paula.

1- Como conheceu os missinários redentoristas?

Por ser de Aparecida, desde criancinha tive oportunidade de ter contato com os redentoristas. Esse contato intensificou-se quando aos 11 anos tornei-me coroinha de Nossa Senhora Aparecida. Atuei na Matriz Basílica e no Santuário Nacional, por cinco anos consecutivos.

 2- Com quantos anos entrou para a Congregação como seminarista?

Entrei para o Seminário com 19 anos e a minha formação inicial durou nove anos.

 3- Como foi o seu processo de discernimento vocacional?

Foto de: A12.com

Padre Geraldo

Pe. Geraldo e família no Santuário Nacional

A minha família é muito religiosa, tanto nas orações devocionais, quanto na participação na vida eclesial. Fui criado nesse ambiente religioso e gostava de rezar com minha família, nas casas e na Igreja. Desde os meus poucos anos já falava em ser padre. Tive uma influência muito positiva dos irmãos e padres redentoristas em minha vida, durante o tempo em que fui coroinha. Aos 15 anos manifestei ao Secretariado Vocacional o desejo de ser um padre redentorista e em poucos dias recebi a visita do Pe. Rudolf Croon, que trabalhava no Secretariado Vocacional na época, me convidando para participar do Estágio Vocacional, hoje chamado de Convivência Vocacional. No início de 1978, participei do Estágio e fui convidado para entrar no Seminário naquele mesmo ano. No entanto, fiz a opção de terminar o Colegial (ensino médio) fora do Seminário, também para amadurecer mais a minha vocação.

 

A família e os amigos são nossos parceiros na caminhada vocacional.

Morando com minha família, procurei continuar meu trabalho, continuei os meus estudos e participava, dentro das minhas possibilidades, da vida da minha comunidade e das missas no Santuário. Aos 18 anos prestei o serviço militar na aeronáutica em Guaratinguetá-SP. Alguns meses antes de completar um ano dentro da Força Aérea resolvi fazer novamente contato com o Secretariado Vocacional, e tive a oportunidade de explicar para o Pe. Antonio Queiroz a minha trajetória vocacional. Ele achou consistente a minha caminhada vocacional e me orientou a participar de algumas atividades do Estágio Vocacional de 1981, para conhecer os formadores e os vocacionados, e via como tranquila a minha entrada para o Seminário naquele ano.

Padre Geraldo

4- O que mais te encanta na vida missionária redentorista?

O amor profundo a Jesus Cristo e a sua missão, e o grande amor a Nossa Senhora. A disponibilidade para trabalhar pelo Reino de Deus. O seu jeito humilde de ser junto ao povo de Deus e a simplicidade para falar das coisas de Deus e da Igreja.

5- Qual a importância da família e dos amigos durante a caminhada vocacional?

Foto de: arquivo pessoal

Padre Geraldo

O grande amor a Nossa Senhora

A família e os amigos são nossos parceiros na caminhada vocacional, pois alguns nos incentivam muito a aprofundarmos sobre a vontade de Deus em nossa vida e expressam admiração pela opção que estamos fazendo.

6- Como você avalia seu processo formativo?

O meu processo formativo foi muito positivo. Acredito que o formando está sempre em busca e tudo o que a Congregação puder oferecer para o seu crescimento humano e espiritual é de fundamental importância para o amadurecimento do jovem. Noto também que a pessoa do formador, através do seu testemunho de fé, da sua presença, da sua acolhida, da sua orientação favorece o bom discernimento do seminarista.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.