Por Campanha dos Devotos Em Notícias

No sabor da eternidade!

sabor da eternidade.jpg

Senhor Deus, vós nos destes a vida. Foi a surpresa de vosso amor que nos fez existir. No silêncio profundo do seio materno, vós nos gerastes com tanto amor. Vós sois o Deus da Vida.

Foi tão belo e há muitos encheu de alegria o dia em que nascemos. Não havia lugar para tristeza, pois a vida triunfou. Vós fizestes da vida vosso dom sem igual, repartistes conosco vosso amor eternal. Vós nunca vos cansais de nos amar, aqui, agora e em toda a eternidade.

Se hoje, Senhor, lembramos nossos entes queridos que estão junto de vós, é porque queremos vos dizer obrigado por vos terdes feito existir no meio de nós.

Venceram seu tempo tão limitado e fragilizado, e agora estão envolvidos em vossa eternidade, a vida que não terá mais fim.

Ajudai-nos, Senhor, a compreender esse novo nascimento que não pode entristecer a quem é fiel, pois é a plenitude de vosso dom, de vosso amor que não tem fim. Se belo foi o dia de nosso nascimento, também é belo, como o raiar da aurora, o dia de nosso renascimento para a eternidade que não tem fim.

Obrigado, Senhor, pela vida de nossos entes queridos, que um dia vamos encontrar na mais plena alegria e com eles entoaremos louvores ao vosso amor sem igual. Amém.

Padre Ferdinando Mancílio

 

7 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Campanha dos Devotos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.