Por Flávia Gabriela Em Releases

Acolher bem também é evangelizar: Santuário Nacional inaugura espaço dedicado às crianças

 

O Santuário Nacional de Aparecida inaugura na próxima quarta-feira, 1º de outubro, o espaço ‘Devotos Mirins’, um local especialmente dedicado às crianças que visitam a Casa da Mãe Aparecida com seus familiares. Será uma área de evangelização com interatividade, música e apresentações da Turma Devotos Mirins.

A inauguração será feita pelo ecônomo do Santuário Nacional, Padre Luiz Cláudio Alves de Macedo, que abençoará o local às 11h. Também participarão os personagens da Turma dos Devotos Mirins e as crianças da Casa do Pequeno, Projeto Social do Santuário.

O espaço ‘Devotos Mirins’ está localizado no piso inferior do Santuário e é aberto ao público diariamente. As apresentações musicais dos personagens serão realizadas somente nos fins de semana e feriados.

Devotos Mirins é mais um projeto do Santuário Nacional que acontece graças à Campanha dos Devotos, responsável também por outras obras de evangelização e acolhimento na Casa da Mãe Aparecida.

Sobre o Projeto Devotos Mirins - A Turma Devotos Mirins nasceu para evangelizar, catequizar, divertir as crianças e ensiná-las a trilhar o caminho do amor, da paz e dos ensinamentos cristãos. A turminha é composta por 15 personagens: Tijolinho, Cidinha, Silvana, Clarinha e os meninos, Zaca, Felipe, João, Itamar e Domingos. Também contamos com o anjinho Téo, o padre Bento, o Tio Atanásio, a vovó Zilda, o vovô Berto e o cachorrinho Pingo. Todos estão na revista Devotos Mirins, que mensalmente é enviada para as crianças cadastradas na Campanha dos Devotos. 

O projeto é instrumento de evangelização, educação, cidadania e diversão. A revistinha e o site Devotos Mirins contribuem para a formação cristã, pessoal e cultural das crianças, com catequese em forma de história em quadrinhos, passatempos e informações daquilo que acontece no Santuário Nacional. Em 2008, a revista ganhou o apoio da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, tornando-se referência, no Brasil, em conteúdo catequético e utilizada por catequistas e pais.

​ 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Flávia Gabriela, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.