Por Flávia Gabriela Em Releases

Santuário Nacional orienta romeiros sobre cuidados necessários para as romarias a pé

Foto: Thiago Leon

 

Já é perceptível o aumento no número de romeiros que se dirigem a pé até o Santuário Nacional, dada a proximidade do dia 12 de outubro, dia em que se comemora a festa da Rainha e Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

A história da peregrinação a pé é antiga, já que, a partir do encontro da Imagem nas águas do Rio Paraíba, em 1717, muitos foram os devotos que passaram a visitar ao Santuário.

Ocorre que este tipo de ato de fé pode e deve ser encarado com muita seriedade, tanto do ponto de vista devocional quanto do ponto de vista da segurança. Por isso, o Santuário Nacional dá algumas orientações aos devotos que pretendem fazer essa caminhada, tanto pelos seus meios de comunicação, quanto no Altar Central aos finais da celebração.

É muito importante que o devoto não se esqueça das seguintes orientações:

- sempre caminhar no sentido contrário do fluxo dos veículos. Desta maneira a visibilidade do motorista é melhor;

- utilizar roupas brancas ou roupas refletivas, que também facilita a visão do motorista que trafega pela estrada;

- conservar ao máximo o canto das vias para, em caso de perda de controle do condutor do veículo, o peregrino possa rapidamente perceber e se deslocar para fora da estrada;

- evitar caminhar durante a noite, já que a visibilidade dos motoristas fica prejudicada neste período;

- nos períodos de descanso, o peregrino deve fazê-lo fora da rodovia. Os acostamentos não são adequados para paradas;

- em caso de chuva o peregrino deve interromper a caminhada, já que com a chuva os riscos de acidentes são maiores com a pista molhada;

- para a caminhada durante o dia é muito importante o uso de protetor solar e chapéus, tênis confortável e a ingestão de muita água e alimentos leves.

Parceria - Com foco na preocupação com a segurança dos fieis, Santuário Nacional e NovaDutra, se uniram neste ano, em uma parceria inédita, para alinhar as estratégias de comunicação com o devoto. Através de metodologias direcionadas, ambos buscam em uníssono, orientar o visitante, de forma a garantir a sua integridade e de sua família.

As ações podem ser vistas em faixas espalhadas pela rodovia e folhetos que serão distribuídos nas praças do pedágio e direcionados aos devotos dentro do Santuário Nacional. Ainda faz parte do projeto a interatividade através das emissoras de rádio CCRFM 107,5 e Rádio Aparecida, dentro do programa ‘Com a Mãe Aparecida’, que é voltado ao devoto e é retransmitido para toda a Rede Católica de Rádio para todo o Brasil, além das orientações que já são dadas pelos padres Redentoristas após as celebrações no Altar Central da Basílica, e pelas equipes do SOS Usuário da CCR NovaDutra.

O projeto busca orientar e alertar não só os romeiros que caminham a pé, cujo fluxo aumenta muito nesse período, mas também aqueles que viajam em veículos automotores.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Flávia Gabriela, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.