Por Victor Hugo Barros Em Releases Atualizada em 20 MAR 2018 - 09H15

Santuário prepara celebrações especiais para recordar últimos momentos da vida de Jesus

Momentos de oração, catequese e bênçãos celebram paixão, morte e ressurreição de Cristo

Thiago Leon
Thiago Leon
Encenação Paixão de Cristo

Ponto alto das comemorações católicas, a Semana Santa recorda os últimos momentos da vida de Jesus, bem como sua morte e ressurreição. Para celebrar a data, o Santuário Nacional de Aparecida preparou uma extensa programação que conta com missas, momentos de oração, procissões, teatro e vigílias.

O período é aberto no Domingo de Ramos (25), data em que a Igreja recorda a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. As cerimônias deste dia são caracterizadas pelos fiéis que, como o povo hebreu, participa da celebração eucarística com folhagens nas mãos. A principal missa do dia acontece às 7h30 e se inicia no Memorial dos Construtores, do lado de fora da Basílica. Ali, acontece a bênção e distribuição dos ramos, seguida de uma procissão para o interior da Basílica.

De segunda a quarta-feira a programação do Santuário não sofre alterações. Já na Quinta-feira Santa (29), as celebrações eucarísticas acontecem em apenas dois horários. A primeira delas, às 9h, com a Missa do Crisma. Nesta celebração, o arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, se reúne com o clero arquidiocesano para renovar as promessas sacerdotais. Ainda durante o rito, os óleos utilizados na administração dos sacramentos são abençoados e distribuídos aos párocos da Arquidiocese da Padroeira do Brasil.

A partir do meio-dia, de duas em duas horas serão recitadas as orações da Liturgia das Horas, celebração composta por cânticos e salmos meditativos. Já às 21h acontece a segunda e última missa do dia. Chamada de Missa da Ceia do Senhor, o ato litúrgico recorda a instituição da Eucaristia e do sacerdócio ministerial. Durante o rito, doze voluntários e colaboradores do Santuário Nacional terão seus pés lavados, recordando o ato de Jesus na Última Ceia, quando lavou os pés de seus apóstolos.

Na Sexta-feira Santa (30), tradicionalmente a Igreja não realiza missas. Ainda assim, a programação do dia se inicia bem cedo às 5h com a oração da Via-Sacra no Morro do Cruzeiro. Já na Basílica de Aparecida, a mesma oração acontece às 9h, com a participação de um teatro encenado. A principal atividade do dia acontece às 15h, com a Celebração da Paixão do Senhor. Ao fim da liturgia os fiéis são convidados a participarem da procissão do Senhor Morto, nos arredores do maior templo mariano do mundo.

As atividades são retomadas no Sábado Santo (31) com a oração das horas canônicas às 7h, seguida da Celebração das Dores de Nossa Senhora às 9h. Ao longo do dia, a Liturgia das Horas será recitada de duas em duas horas até às 18h. A programação se encerra com a Solene Vigília Pascal. A missa é a mais importante do ano e celebra, em vigilância, a ressurreição de Jesus.

As celebrações continuam no Domingo de Páscoa (1). A primeira missa começa às 5h30, seguida pela Procissão da Ressurreição. Ao longo de todo o dia, as eucaristias serão celebradas nos horários de costume do Santuário NacionalClique aqui e confira os horários de missa.


Fonte: Santuário Nacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.