Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Novena Solene destaca a importância da Virgem Maria no Plano da Salvação

 Dom Roberto Francisco reflete o tema ‘Maria: Mãe plenificada pelo Pai!’.

6º Dia da Novena Solene - Fotos: Thiago Leon

Foto: Thiago Leon

 

Ao caminhar pelos corredores do Santuário Nacional é possível perceber o clima de oração e os olhares atentos dos peregrinos a cada detalhe da Novena em honra a Nossa Senhora Aparecida.

Neste 6º dia de homenagens, os corredores foram preenchidos de emoção e a ternura dos pequenos anjos que acompanhavam a pequenina imagem da Virgem de Aparecida até o Altar Central. O som dos sinos badalados pelas crianças ecoaram por toda a Basílica convidando os fiéis a venerar aquela que em seu ventre abrigou Jesus.

Foto de: Polyana Gonzaga/A12

Devota Cristiane da cidade de Guaratingueta - 6º dia da Novena Solene - A12

Cristiane Ivani e sua família acompanham a novena.

A pequena Thais, de apenas 10 anos, estava atenta aos detalhes da entrada da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Com o livrinho da novena em mãos, ela acompanhou toda a celebração ao lado dos pais.

“É importante fazê-la sentir o amor da Mãe Aparecida desde pequena”, afirmou a mãe da Thais Cristiane Ivani, da cidade de Guaratinguetá (SP).

O tema do dia ‘Maria: Mãe plenificada pelo Pai!’ foi refletido pelo bispo de Campos (RJ), Dom Roberto Francisco Ferrería Paz.

Dom Roberto Francisco saudou aos religiosos, peregrinos e destacou o Dia do Nascituro e lembrou o aniversário de Dom Aloísio Lorscheider. Esta noite contou com a presença dos sacerdotes da Arquidiocese de Aparecida.

Em sua homilia, Dom Roberto Francisco recordou a Assunção de Maria, dogma da fé cristã, e também a importância da Virgem Maria no Plano da Salvação.

O bispo enfatizou a necessidade de acreditar nos planos de Deus como forma de superar as diversas formas de violências, desigualdades e mazelas do mundo.

“Em um mundo marcado pela violência, pela desigualdade e corrupção, esses mistérios de esperança e glória vem despertar no povo romeiro, povo peregrino, a capacidade de sonhar. Sem sonho e utopia os caminhos são árduos e a vida se faz jaulas das piores feras. Precisamos sonhar do jeito que Cristo quer, lutando pelos pobres, por uma vida glorificada”, afirmou o bispo.

Aos fiéis presentes na Casa de Nossa Senhora, Dom Roberto Francisco pediu que construam um mundo com mais justiça e esperança.

“Nossa Senhora da Glória, mãe dos pobres, Rainha da criação, vem em nosso encontro sendo sinal de esperança segura e vitória certa”, concluiu.

Ao final da celebração, o reitor do Santuário, padre João Batista de Almeida agradeceu a presenta do bispo auxiliar de Aparecida, Dom Darci José Nicioli, do Superior Provincial da Província de São Paulo, Padre Rogério Gomes e de todos os Missionários Redentoristas.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.