Por Marília Ribeiro / Fotos: Thiago Leon Em Notícias

Vozes e instrumentos a serviço do evangelho, assim como Maria acolhedora do projeto de Deus

Vozes e instrumentos afinados, roupa especial para uma ocasião especial, assim é formado o coral que abrilhanta as novenas da Padroeira do Brasil desde o dia 3 de outubro.

O grupo é formado pelos alunos do PEMSA (Projeto de Educação Musical do Santuário Nacional) e pelo coral do Santuário.

7º dia da novena em honra a Padroeira do Brasil - Foto: Thiago Leon  Foto: Thiago Leon

As idades dos componentes variam de 12 a 80 anos, no entanto, todos têm a mesma empolgação e principalmente, uma grande devoção a Senhora Aparecida.

As vozes e os instrumentos como o violino, viola clássica, contra baixo, tuba, trompa, trobone, trompete, flauta, violoncelo, entre outros, ajudam os devotos a se sentirem ainda mais envolvidos pelo amor de Maria, celebrando o 7º dia da novena de Nossa Senhora Aparecida como tema ‘Maria: Mãe acolhedora dos filhos na eternidade’.

Tocando o instrumento clarinete está Mateus Henrique Oliveira, que pela quarta vez participa da novena desse ano em honra à Mãe Aparecida, o menino de 12 anos diz estar muito feliz em poder participar. “Entrei esse ano para o Pemsa e já pude participar da novena de Nossa Senhora, por isso estou muito feliz em estar aqui”.

 

“A novena a cada ano está melhor e eu me sinto muito emocionada em participar, parece que estou no céu e que Nossa Senhora está ao meu lado”. Erci dos S. Alencar

No meio do coro se destaca uma senhora de 75 anos que alegre canta e demonstra toda a sua devoção e orgulho, por estar por mais um ano fazendo parte da novena. Erci dos Santos Alencar faz parte do coral do Santuário há 18 anos e ela afirma que a cada ano a fé se renova e a novena fica ainda mais bonita. “A novena a cada ano está melhor e eu me sinto muito emocionada em participar, parece que estou no céu e que Nossa Senhora está ao meu lado”.

Todo esse grupo é regido pelo maestro Altair Oliveira Lobato que com seus movimentos sérios e bem orquestrados, mantém os olhares dos músicos atentos, para que cada canção seja executada com perfeição. O maestro relata que participar da novena lhe proporciona duas realizações. “São duas as realizações por fazer parte da novena, uma como profissional de música e a outra é poder participar dessa Festa de Nossa Senhora”, indica.

A celebração

7º dia da novena em honra a Padroeira do Brasil - Foto: Thiago LeonA noite de sexta-feira (9) celebrou o 7º dia da novena da Padroeira do Brasil tendo como presidente da celebração o bispo de Imperatriz (MA), dom Gilberto Pestana de Oliveira.

Ao refletir o tema de hoje, dom Gilberto destaca o compromisso de Maria, fazendo-se acolhedora dos planos de Deus para sua vida. “Maria mostra-se acolhedora porque ela assumiu a vontade de Deus, Ela fez da vontade de Deus seu próprio projeto de vida pessoal”... “Maria se torna a mais perfeita discípula de Cristo, e Ela tem muito a nos ensinar”.

O celebrante segue dizendo: “Não basta dizermos que somos católicos, é necessário que cada um de nós acolhamos à pessoa de Jesus”.

O bispo de Imperatriz apresenta aos devotos à necessidade de cada um ser acolhedor do próximo, das necessidades e do sofrimento do próximo, e enfatiza: “Maria acolhe a humanidade inteira, e a humanidade precisa abrir-se para o acolhimento”.

Reveja a homília da novena solene dessa sexta-feira (10).

 Veja as imagens desse sétimo dia de novena:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro / Fotos: Thiago Leon, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.