Por Tatiana Bettoni Em Notícias

Administradores eclesiais conhecem ação pastoral do Santuário de Aparecida

Teve início nesta manhã o 10º Congresso Nacional de Gestão Eclesial - Conage, no Centro de Eventos do Santuário Nacional de Aparecida, com o tema ‘Paróquia Visionária: construindo uma gestão empreendedora e profética’ e lema ‘Esse com certeza produz fruto" (Mt 13, 23). Até sexta-feira (26), cerca de 350 inscritos participam de cursos e palestras sobre gestão eclesial ministradas por especialistas. A abertura foi feita pelo administrador-ecônomo do Santuário, padre Luís Cláudio Alves de Macedo, C.Ss.R.

Conage 2014

A gestão eclesial do Santuário foi foco da exposição do missionário redentorista, que falou sobre a estrutura necessária para a acolhida do volume crescente de peregrinos – superior a 200 mil por final de semana no segundo semestre. Padre Luís fez um esboço da organização pastoral do Santuário, que envolve diretamente 61 colaboradores (exceto padres e religiosos), além de 800 voluntários, e outros 1.700 funcionários dos demais setores.

“Nós não trabalhamos para uma empresa, trabalhamos para Nossa Senhora. Somos uma equipe reunida em uma igreja que se organiza como empresa, e não uma empresa que se organiza como igreja. Assim, nossos funcionários crescem com a consciência de que não possuem aqui um emprego, mas uma missão”, ressaltou.

 

A responsabilidade social do Santuário junto à cidade de Aparecida (SP) também ganhou destaque, devido à sua atuação junto a entidades assistenciais e instituições públicas como a Santa Casa de Misericórdia do município.

 

O administrador falou ainda sobre outros desafios, como a manutenção e ampliação dos meios de comunicação, aprofundando-se sobre a missão evangelizadora do Santuário Nacional.

“Nossa missão tem sido dotar esta casa de infraestrutura adequada para que a mensagem seja eficazmente anunciada. Nosso esforço leva o peregrino a, de alguma forma, perceber que nós estamos preocupados com ele. Talvez este seja o ponto umbilical do peregrino com Aparecida: ele sabe que está sendo valorizado (...) A grandeza de Aparecida não está no tamanho de suas áreas e nem na complexidade de sua organização. A grandeza de Aparecida está na pequenez da Virgem e na alegria daqueles que com Ela cantam que o Senhor faz maravilhas olhando para os humildes”.

 

O evento reúne sacerdotes, religiosos, diáconos, seminaristas, secretários, ecônomos, administradores de comunidades e congregações, vigários paroquiais, ministros, evangelizadores, membros dos conselhos e pessoal auxiliar de paróquias e capelas de vários estados do Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Tatiana Bettoni, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.