Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Basílica de Aparecida dá início ao Tríduo da Misericórdia

O Santuário Nacional de Aparecida deu início, nesta quinta-feira (31), ao 1º dia do Tríduo da Misericórdia. O tríduo, que acontece o Domingo da Divina Misericórdia, é realizado pela primeira vez na Basílica de Aparecida.

Durante a Santa Missa das 9h, o celebrante Padre Antonio Clayton de Sant’Anna, C.Ss.R, levou os fiéis a refletirem sobre o Evangelho de Lucas (LC 24,35-48), de acordo com a liturgia diária.

Tríduo da Misericórdia no Santuário Nacional. Foto: Matheus Marcon

Foto: Matheus Marcon

 

O sacerdote explicou também que “foi no ano 2000, durante a canonização de Santa Faustina, que o então Papa João Paulo II, hoje santo, declarou o segundo domingo da Páscoa como o Domingo da Divina Misericórdia para toda a Igreja”.

Neste Ano da Misericórdia, padre Antonio Clayton de Sant’Anna falou sobre a importância de cultivar a oração e ressaltou que o Papa Francisco instituiu o Ano Santo Extraordinário tendo como centro a misericórdia de Deus. “Como batizados em Cristo, devemos aproveitar este ano especial da graça e pedir perdão. Para que possa chegar até nós a graça da misericórdia”, afirmou aos fiéis.

Padre Antonio Clayton ainda pediu aos fiéis para se espelharem nos exemplos de Nossa Senhora para alcançar graças e bênçãos: “Que Maria, rosto da misericórdia de Deus, nos abençoe neste tríduo e neste Ano da Misericórdia”, finalizou.

Amanhã (1º de abril) seguem as reflexões do Tríduo da Misericórdia durante a missa das 9h. Veja aqui os horário de missa na Basílica de Aparecida.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.