Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias

"Deus é a resposta autêntica de quem tem fé', diz Núncio em Aparecida

Nesta quinta-feira, 07, o segundo dia da 54ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), iniciou com a celebração da missa dedicada aos bispos nomeados no último ano, às 7h30, no Altar Central do Santuário Nacional de Aparecida. A cerimônia foi presidida pelo núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, o representante do Papa no país. 

Com uma palavra firme e ao mesmo tempo serena, dom Giovanni refletiu sobre a autoridade e a misericórdia divina. Partindo das leituras do dia, falou sobre a autoridade divina que corresponde ao amor indelével de Deus por toda criatura. 

"'Aquele que vem do Alto está acima de todos', esta afirmação dita e repetida no Evangelho de hoje num primeiro momento poderia nos parecer só uma apresentação solene da majestade e da superioridade divina. E enquanto faz a diferença entre as coisas da terra e aquelas do céu poderia inclusive apresentar somente uma distinção entre o que é passageiro em relação a eternidade e a glória de Deus, mas a declaração de que Ele está acima de tudo é antes uma demonstração de tudo o que Ele fez para se aproximar de nós", disse.

O núncio prosseguiu enfatizando que Deus mostra a sua grandeza ao inclinar-se à condição do ser humano. "É a grandeza da misericórdia de Deus que se revela quando reconhecemos a sua majestade. Ele não é um Deus que governa somente pela autoridade que lhe é própria. Ele é um Pai que orienta, vigia, cuida e se move em direção à criatura amada para manifestar-lhe o seu amor e convidá-la a fazer parte do seu Reino", afirmou. 

Para anunciar seu amor e misericórdia Deus enviou seu Filho e é esta doutrina de fé que os cristãos devem proclamar e tornar conhecida, indicou dom Giovanni. 

Dom Giovanni D´Aniello, Núncio Apostólico. "Quem acolhe Jesus e a fé é acolhida vive no Pai. Pois Jesus mesmo vivendo a vida humana é orientado ao Pai por causa da presença dele", acrescentou. 

A fé diz que todos os seres humanos estão nas mãos de Deus porque Ele resgatou a todos por meio de seu Filho e isto os une definitivamente a Cristo. "Quem confia em Jesus Cristo e se aproxima dele tem a vida eterna", exortou. 

Nesse momento, dom Giovanni refletiu sobre a realidade atual na qual os cristãos são desafiados a dar testemunho de sua fé pois não há outra forma de apresentar o plano de Deus aos homens. 

"O mundo de hoje continua a nos interrogar como fez aos primeiros discpulos do Senhor. Continua a querer nos intimidar e até calar a voz da nossa consciência diante de tantas formas de maldade e abandono, de imoralidade e desrespeito à vida, e é o nosso testemunho coerente de vida cristã e caridade verdadeira a única resposta diante de todos os questionamentos. É a comprensão de que é preciso obedecer a Deus antes dos homens que nos garantirá a serenidade da fé, a paciência nas tribulações, a fortaleza diante das dificuldades. Deus é a resposta autêntica de quem tem fé. É a esperança que não se deixa calar, o sorriso que não se deixa vencer, o amor caridade qual sal da terra e luz do mundo para iluminar os corações e as mentes para temperar e purificar as nossas intenções", refletiu. 

Dom Giovanni deixou também uma prece especial pelo ministério dos novos bispos brasileiros. "Quero dirigir-me de maneira especial aos bispos nomeados desde a última Assembleia Geral até hoje tomam parte dessa celebração. Ao parabenizá-los de forma especial quero também assegurar-lhes minhas orações por um frutuoso desenvolvimento das responsabilidades que lhe foram confiadas nas diversas dioceses do país". 

A 54ª Assembleia Geral da CNBB prossegue até o dia 15 de abril. Neste ano os bispos discutem a missão e papel dos leigos na Igreja e na sociedade. Todos os dias, acompanhe a cobertura completa realizada no endereço a12.com/cnbb e fique por dentro das decisões e encaminhamentos da assembleia. 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.