Por Santuário Nacional Em Notícias Atualizada em 20 JUL 2021 - 13H27

Jubileu de Prata de ordenação sacerdotal do reitor da Casa da Mãe

Nesta terça-feira (20) o Santuário de Aparecida está em festa por celebrar os 25 anos de ordenação sacerdotal, do reitor da Casa da Mãe, padre Eduardo Catalfo.

A missa de ação de graças às 9h, contou com a presença do Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, do Pe. Marlos Aurélio da Silva, Superior Provincial da Unidade Redentorista de São Paulo e dos religiosos e religiosas da Congregação Redentorista.

Padre Eduardo iniciou a celebração agradecendo a Deus por sua vocação, sua família e a acolhida dos Missionários Redentoristas. “O sacerdócio e a vocação redentorista é um dom de Deus muito especial, por isso, a nossa gratidão a Deus, a nossa gratidão muito especial aos meus familiares e, sobretudo, a Congregação Redentorista que me acolheu e que me educou. Que nós possamos viver a alegria de anunciar a copiosa redenção.

Destacou o agradecimento a todos que o ajudaram e ainda ajudam em sua caminhada missionária, lembrando da Família dos Devotos. “Saudando a Família dos Devotos, gostaria de rezar pelas muitas pessoas que me acompanharam e que continuam me acompanhando na minha vida, no meu ministério.

Na homilia, padre Marlos representou a Congregação para também agradecer a Deus pelo Jubileu de Prata do padre Eduardo Catalfo. Afirmou que celebrar através da Eucaristia é expressar a maior gratidão a Deus pelos seus 25 anos de vida sacerdotal. “Nós sabemos que se a Igreja realiza a Eucaristia é porque a Eucaristia faz a Igreja, e o mesmo poderíamos dizer em relação ao ministério, a missão do padre na Igreja e na sociedade. É a Eucaristia que o sustenta, que o alimenta.

Em sua fala enalteceu algumas características do padre Eduardo, afirmando que é o que o distingue e torna o seus ministério fecundo. “Cordial, alegre, educado, mais acima de tudo, quem tem a alegria de conhecê-lo mais de perto, de que é companheiro de verdade. É aquele que compartilha o pão, mas que comparte também as lágrimas, as dificuldades e por fim uma característica que gostaria de destacar é o seu otimismo, a capacidade que ele tem de olhar para além dos fracassos, dificuldades, despertando a esperança no seu coração e de quem está no seu entorno.

Dom Orlando também felicitou o reitor, fazendo referência ao dia do amigo, que é celebrado neste dia 20. “O seu maior amigo lhe mandou um recado, um bilhete, um WhatsApp lá do céu. Isaías 43: ‘Eu te chamei pelo nome, és precioso aos meus olhos, eu te aprecio e te amo, tu és meu, eu te criei para a minha glória’.

Reveja a celebração e as lindas homenagens ao Reitor da Casa da Mãe:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.