Por Redação A12 Em Notícias

Missa do Crisma: bênção e consagração dos Santos óleos

A Igreja revive neste dia a instituição da Eucaristia e do sacerdócio ministerial

A Quinta-feira Santa no Santuário Nacional começou com a Oração da Manhã, seguida da Missa do Crisma, presidida pelo cardeal Raymundo Damasceno Assis, arcebispo da Arquidiocese de Aparecida. A celebração contou com a presença de todo o clero da Diocese, sacerdotes que neste dia fizeram a renovação das promessas sacerdotais.

Milhares de devotos participaram da celebração, também chamada Missa dos Santos Óleos ou Missa da unidade, e presenciaram a bênção dos óleos que serão usados durante o ano em cerimônias sacramentais na Arquidiocese: Unção dos enfermos, Batismo e Crisma.

 

“Hoje é um dia muito especial para toda a Igreja, mas particularmente, para nós sacerdotes, pois, a Igreja revive neste dia a instituição da Eucaristia e do sacerdócio ministerial, sem o qual não haveria Eucaristia, nem muito menos a missão e a própria Igreja”, disse o arcebispo, iniciando sua homilia.

Cardeal Damasceno afirmou que a Eucaristia é dom do amor de Cristo pela Igreja, alimento espiritual e garantia de vida eterna, e lembrou os compromissos assumidos pelos presbíteros no dia da ordenação: celibato como configuração ao estilo de vida do próprio Jesus, com o coração pleno e indivisível; empenho no anúncio da Palavra, o que é inerente ao seu ministério; entrega generosa às pessoas confiadas, valorizando e acolhendo a todos, com atenção especial aos enfermos, mais pobres e os distanciados da comunidade paroquial.

Em seguida, o arcebispo ressaltou que o ministério sacerdotal é uma atividade coletiva, não individual, e que por isso o presbítero deve tornar a comunidade pastoral uma verdadeira comunhão de fiéis, da qual ele é o Pai.

 

Os santos óleos serão usados pelos ministros ordenados até a Semana Santa de 2016.

Dom Damasceno desejou uma feliz e santa Páscoa aos presbíteros diocesanos e religiosos, consagrados e seminaristas e aos fiéis da Arquidiocese e romeiros.

Após a homilia, o arcebispo abençoou os óleos dos doentes e dos catecúmenos e consagrou o óleo do Crisma. Os santos óleos foram entregues, ao final da missa, aos representantes das paróquias e serão usados pelos ministros ordenados até a Semana Santa de 2016, quando ocorrerá uma nova bênção.

Concelebraram o bispo auxiliar da Arquidiocese de Aparecida, Dom Darci José Nicioli, e o reitor do Santuário de Aparecida, padre João Batista de Almeida, juntamente dos religiosos de vida consagrada e seminaristas.

[Clique para acessar a programação completa da Semana Santa no Santuário Nacional]

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.