Por Ivan Nogueira Em Notícias

Missa do Santíssimo abre Novena e Festa da Padroeira 2013

A Santa Missa das 9h00, no Santuário Nacional de Aparecida, abriu as  comemorações da Novena e Festa da Padroeira 2013 nesta quinta-feira (03). Sob o  tema do dia “Maria, mulher consagrada ao serviço do Senhor!”, presidiu a  celebração o diretor geral da Rede Aparecida de Comunicação, padre Josafá de  Jesus Moraes, C.Ss.R., que encerrou missa de abertura com a cerimônia de  Adoração do Santíssimo.

O animador, padre Célio Lopes da Silva, abriu a Santa Missa dizendo: “Nesta  celebração, expressamos nossos sentimentos de admiração e estima por Nossa  Senhora Aparecida, exaltando-a junto do Filho como gloriosa Rainha”.

Durante a procissão de entrada, padre Tarcísio Spirândio, da Paróquia Nossa  Senhora Aparecida, cidade de Itatiba, diocese de Bragança Paulista, fez a  entronização de Imagem de Aparecida, que foi enviada à diocese para os festejos  locais da Padroeira do Brasil.

Após a leitura do evangelho do dia (Lc 1, 26-38), que expôs a passagem da  Anunciação de Maria pelo anjo Gabriel, padre Josafá falou sobre a alegria de  iniciar mais uma Novena e Festa da Padroeira do Brasil:

“Iniciamos a Festa de maneira oficial, bonita e alegre, com os louvores de todos  os brasileiros à Senhora cheia de graça que nos protege e encaminha a Deus.  Maria nos mostra a presença do sagrado na vida do povo, quando a história humana  vai se encontrando com o divino”.

O celebrante também comentou o Evangelho de Lucas, ressaltando que Deus nos abre  uma conversa, um entendimento, que vem precisar nossa condição humana para  instalar Seu Reino.

“O evangelho termina com a frase ‘para Deus, nada é impossível’, porque o amor  de Deus é infinito, enorme, não tem limites, e onde não tem limites tudo de bom  e feliz acontece. Quando fazemos a experiência profunda do amor, estamos  inteiros, porque o amor dá sentido último a nossa vida, somos totalmente de  Deus. Maria se coloca como servidora de Deus. O anjo anuncia e representa o  diálogo. A primeira palavra é de alegria e a presença de Deus é de alegria e  plenitude; sempre conforta, ilumina, protege. Homens e mulheres de fé encontram  formas de vencer porque nosso Deus no leva a vitória de cada dia”, disse.

A Anunciação da Virgem foi citada pelo celebrante como momento de obediência e  amor a Deus, um exemplo a ser seguido: “Aprendamos com Maria a seguir Jesus  Cristo, sermos obedientes a Deus, que fala ao coração, ao entendimento, quando  temos tudo e quando não temos nada. Maria escuta Deus, Maria estava atenta e nos  ensina a sermos atentos. É preciso parar para escutar, entender, e deixar Deus  tomar conta de todos nós. A oração é um desses caminhos”.

Padre Josafá lembrou que esta celebração integra a comemoração pelos 300 anos do  encontro da Imagem por pescadores no Rio Paraíba do Sul em 1717.

“Caminhamos para 300 anos dessa presença bonita e marcante. O povo brasileiro é  povo de fé viva, fé que nos protege e transforma nossa realidade. Se amamos  Maria, abramos nosso coração para dar sim a Deus. Deus tudo sabe e quer sempre o  melhor para todos nós”, refletiu o padre.

Ao final da celebração, os devotos participaram da cerimônia de Adoração do  Santíssimo Sacramento, que ocorre tradicionalmente às quintas-feiras.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Ivan Nogueira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.