Por Tatiana Bettoni Em Notícias

Novena da tarde acolhe jovens em celebração sobre a defesa da vida

No Dia do Nascituro, a novena da tarde desta quarta-feira (08) abordou o tema da defesa da vida, com participação de jovens estudantes das cidades de Aparecida e Potim. A celebração foi presidida por Padre Zenildo Luiz Pereira da Silva, C.SS.R , da Vice-Província Redentorista de Manaus, que no início saudou os jovens presentes pedindo uma salva de palmas. 

Na mensagem de sua homilia, o celebrante orientou defendermos a vida por meio da solidariedade, relacionando o tema do sexto dia da Novena da Padroeira “Maria, auxílio dos promotores da vida” com o tema geral “Com a Mãe Aparecida, ser solidário na dor”. O padre que atua nas regiões longínquas do Amazonas, extremo norte do país, falou sobre a importância da Igreja para promover a vida, defender a vida e construir a paz:

“A Igreja é Missionária por essência e a sua missão de defender a vida passa pela luta, pela prática da justiça. Todas as iniciativas de paz ajudam na promoção da vida”, destacou. Em seguida, citou a encíclica Evangelium Vitae de São João Paulo II, lembrando “o princípio básico de toda a humanidade: Não matarás! Mas a cultura da morte olha o ser humano como algo descartável, encara o ser humano como mercadoria. Por isso o tráfico humano e facilidade com que denigrem a vida humana”.

O padre lembrou que “devemos criar meios para a defesa da vida, trabalhar a educação das pessoas e a evangelização para a defesa da vida”.

Foto de: A12

Jovens participam da Novena da Tarde

Elenir Maria e a neta Ana Luiza, 13 anos
(8º ano do Ensino Médio)

Professores e alunos – Os jovens estudantes e seus professores realizaram diversas participações na novena da tarde, com leituras e entradas como a entronização da Palavra de Deus e oferta de flores e alimentos. Ana Luiza veio com a avó, Lenir Maria, que falou sobre o exemplo que tenta passar para a neta:

“Através da nossa fé e das nossas orações damos um exemplo bom, sempre juntos participando das novenas, das missas, da comunhão, para que aumente a fé deles a cada dia”.

Cristina Marques, vice-diretora escolar, se emocionou durante a novena e ofereceu todo seu magistério a Nossa Senhora: “Este ano estamos participando em dois dias. É hora de agradecer um ano todo de estudos, momento bons, e até momentos complicados em que ela está nos ajudando. Em tudo o que a gente pede ela acolhe e nos ajuda. Só de falar nela meus olhos enchem d’água.”

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Tatiana Bettoni, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.