Por Redação A12 Em Notícias

Novena da Tarde: “Maria também viveu exclusões”

A Novena da Padroeira chegou hoje (06) ao seu quarto dia de celebrações em honra a Nossa Senhora Aparecida.

A celebração das 15h no Santuário Nacional presidida pelo padre Casimiro Zbigniew Malolepszy, C.Ss.R que atua no Santuário do Bom Jesus da Lapa (BA), trouxe ao fiéis presentes na Casa da Mãe e aos que acompanharam a novena pelos veículos de comunicação, um momento para refletir sobre a realidade dos excluídos.

Padre Casimiro lembrou as exclusões que Maria viveu.

“Maria entende bem sobre exclusão, pois antes do nascimento de Jesus, a própria Maria viveu a exclusão. Podemos lembrar onde Jesus nasceu fora de Belém por que na cidade não havia lugar nem nas casas e nem em hospitais, é o primeiro gesto de excluir o próprio Deus e a Mãe de Deus.”

 

Em sua reflexão o presidente da celebração colocou como Maria consoladora os excluídos.

“A mãe de Jesus conhece muito bem a situação do seu povo, como a consoladora dos excluídos Ela não quer apenas passar a mão na nossa cabeça e dizer “tenha esperança”, mas Ela realiza atitudes concretas. Muitos aqui vieram agradecer alguma graça alcançada, já viveu a alegria de ter sido atendido na sua necessidade, na sua exclusão pela solidariedade de Maria.”

Confira a homilia completa do padre Casimiro:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.