Por Elisangela Cavalheiro Em Notícias

Novena da Tarde reflete compassividade de Maria com a humanidade

Nesta sexta-feira, 10, o Santuário Nacional chega ao oitavo dia da Novena em preparação à Festa da Padroeira do Brasil. Neste penúltimo dia da Novena os fiéis foram convidados a refletir a compassividade de Maria com a humanidade.

 

O presidente da Novena da Tarde, o Missionário Redentorista, padre Primo Aparecido Hipólito, C.Ss.R., da Província Redentorista de Campo Grande (MS), explicou aos fiéis que a compassividade de Maria pouco tem a ver com pena, pelo contrário, Nossa Senhora em sua vida mostrou que a piedade tem sentido quando aproxima as pessoas e as coloca em diálogo.

“Mãe que é compassiva como Nossa Senhora não é uma mãe que tem pena, que tem dó de você. Às vezes a gente pensa que compaixão é ter pena do outro. Não! Nossa Senhora não tem pena de você. Nossa Senhora não sente que você é um coitadinho. Compaixão é descer ao teu nível, é estar junto com você, te ajudar, te curar, te apresentar a Deus, te apresentar a Jesus, te apresentar ao Espírito. Se Maria é compassiva desta forma que estamos experimentando Maria deixa de ser uma mãe passiva”.

O presidente disse ainda que com Maria os homens e mulheres aprendem a ser mais solidários diante da dor dos irmãos.

“[Maria] nos ensina a sermos homens e mulheres compassivos com a humanidade. Este oitavo dia do nosso novenário eu preciso sentir, você precisa sentir, nós precisamos sentir essa compaixão de Maria. Precisamos sentir ela do nosso lado. Ao sentir Maria como compassiva ao meu lado, do meu jeito, do jeito dela de mãe compassiva, ela então vai apresentando Jesus pra nós. O Jesus que foi extremamente compassivo”, completou.

Veja a homilia completa do Padre Primo Hipólito: 

A novena desta tarde contou com a presença de membros da Casa da Infância e Juventude de Aparecida, Cavalaria de São Benedito de Aparecida, Reis e Rainhas da Festa de São Benedito de Aparecida e da Irmandade de São Benedito.

Reveja a procissão dos alimentos com os Reis e Rainhas da Festa de São Benedito de Aparecida:

 

Romeira testemunha intercessão de Nossa Senhora ao marido portador de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) 

Foto de: Rosane Pereira. 

Casal Solange e Samuel de Tijucas (SC) (Foto: Rosane Pereira)

Casal Solange e Samuel de Tijucas (SC). 

Próximo ao Altar, entre os inúmeros romeiros e devotos, estava o casal Solange e Samuel, de Tijucas, Santa Catarina, que vieram com mais 42 romeiros. Dona Solange contou que o marido foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa do sistema nervoso há quatro anos e de acordo com o médico, ele ficaria completamente dependente após o sexto mês. Depois de três anos de romaria a Aparecida com o esposo, dona Solange conta que só tem a agradecer a intercessão de Maria em sua vida e de seu esposo. Ouça o depoimento:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.