Por Redação A12 Em Notícias

Novena da tarde: “Todo cristão é chamado a ser missionário”

fanfarra_apaePadre Ivair Luiz da Silva, C.SS.R., de São João da Boa Vista (SP), presidiu a Novena da Tarde desta quarta-feira (08), com o lema ‘Maria: Missionária do Reino’. O pregador foi acompanhado pelos oficiantes padre Paulo Henrique e Luiz Carlos Cruz, Missionários Redentoristas.

A mensagem inicial levou os fiéis a compreenderem que ’quem se torna missionário do Reino, tem Maria por fiel modelo’.

A entronização da Imagem foi feita por membros da Apae de Aparecida (SP). Disse o pregador: “Bem-aventurados os que abraçam a missão de anunciar, em nossos dias, o Cristo Salvador, nascido de Maria”.

Após a contemplação e orações de súplicas a Maria, seguiu-se a entronização da Palavra de Deus pelo Grupo Teatral Reticências, e a leitura do Evangelho segundo João 20, 19-23 sobre o envio missionário de Jesus:

19 Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.

20 Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor. 21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.

22 E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. 23 A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem não os perdoardes, eles lhes serão retidos”.

Em sua homilia, padre Evair falou sobre a resposta de Maria ao chamado de Deus, aceitando ser Mãe do Santíssimo Redentor, tornando-se a grande Missionária do Reino.

“Todo cristão é chamado a ser missionário, em qualquer ambiente onde exista relacionamento humano. Para haver missão é preciso encontro pessoal e comunitário com nosso Senhor, e Maria fez seu encontro com Deus. Colocou-se à disposição do Reino, abriu-se à ação do Espírito Santo”, disse o pregador.

Padre Ivair ainda comparou o medo dos discípulos após a crucificação de Jesus ao medo dos missionário de hoje:

“Na vida do missionário também é assim. Diante dos obstáculos, a tendência é se esconder. Mas Jesus anuncia a Paz, que ocupa o lugar do medo, a alegria que invade a vida daqueles homens e, logo em seguida, o sopro do Espirito Santo e envio para a missão”.

O pregador ressaltou que Maria é o modelo que nos inspira na e para a missão: “A primeira viagem missionária de Maria é ir ao encontro de Isabel levando em seu ventre o Sol Nascente do povo. O ventre de Isabel se enche de alegria. Assim também nós levamos ânimo para levar todos a fazerem experiência com Jesus Cristo”.

Por fim, o padre falou sobre o papel dos missionários nos dias de hoje.

“O missionário deve anunciar e interceder, e colocar todas as pessoas no coração de Deus. Se não podemos fazer muitas coisas, podemos pedir à Mãe, que o Filho atende. Maria Santíssima nos motiva para a perseverança na missão. Senhora Mãe especialíssima, seja a Senhora que encoraja a nunca desistir na busca de um mundo novo , que seja companheira de todos que se põem a caminho na busca da redenção” pediu o padre.

O cortejo de oferta de flores contou com a participação dos moradores e colaboradores do Lar Nossa Senhora Aparecida, obra social do Santuário. Em seguida, houve a entronização do Santíssimo pelos funcionários da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Aparecida e os funcionários da Balsa do Porto Itaguaçu, também de Aparecida.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.