Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Novena Solene: ‘Maria é mulher compassiva e conforto na cruz’

 Reflexão ressalta Nossa Senhora como conforto de Jesus em sua dor, em sua cruz.

 

Mãe compassiva, presença confortadora, olhar carregado de ternura. Está é ‘Maria, mãe compassiva da humanidade’, tema desta sexta-feira (10), penúltimo dia da Novena da Padroeira.

Na entronização da Imagem, Nossa Senhora Aparecida vem ao encontro de seus filhos como Mãe os oprimidos, mãe dos excluídos, mãe consoladora, mãe da esperança, mãe dos aflitos, mãe dos abandonados, mãe dos desesperados.

.:: Entenda o significado das coreografias desta noite ::.

Reveja a entrada da imagem de Nossa Senhora Aparecida:

O presidente da Novena Solene, o bispo Diocesano de Lorena (SP), Dom João Inácio Muller, apresentou aos fiéis, presentes no Santuário, a mulher de compaixão sem igual que é Nossa Senhora.

“Maria sabe todas as nossas necessidades e Ela sempre se antecipa. Mas é preciso proferir o que queremos e apresentar a Maria Santíssima. É a certeza de que Nossa Senhora é amparo e está a caminhar com todos”.

Dom João Inácio Muller recordou quando, na infância, observava a devoção e religiosidade de seus pais. “Quem se agarra a Nossa Senhora nunca se saiu mal”, ressaltou o bispo de Lorena ao recordar os ensinamentos de seu pai.

Sobre o Evangelho (MC 15, 25-26.33-39), Dom João destacou que Jesus nos provou seu amor assumindo a cruz e a participação de Maria em nossa redenção.

“Nossa Senhora sempre esteve junto de seu Filho e sabia que, na cruz, Ele estava experimentando o abandono de todos os seus filhos, e como Mãe compassiva pede que Ele se entregue no amor. Maria Santíssima intercede e Jesus cuida”.

Dom João Inácio ressaltou que Maria é grande intercessora aos pés da cruz e ajuda seu filho a fazer o gesto máximo de amor.

Ao final de sua reflexão, Dom João Inácio pediu que os fiéis se unissem e rezassem uma Ave Maria.

Reveja aqui a homilia de Dom João Inácio Muller:

O reitor do Santuário Nacional, Padre Domingos Sávio agradeceu ao bispo de Lorena por ajudar os devotos e romeiros de Nossa Senhora a refletirem a temática da noite.

“Agradecemos as palavras de Dom João Inácio Muller e também por aceitar tão prontamente nosso convite”.

Foto de: Thiago Leon

Novena Solene - 8º dia (10/10/2014)

Após caminhar mais de 150 quilômetros durante quatro dias, a devota Janete Janner, da cidade de Caraguatatuba (SP), chegou ao Santuário Nacional de Aparecida e ajoelhou-se diante da imagem da Padroeira.

“Esta é a quinta vez que venho caminhando até o Santuário Nacional. Nossa Senhora Aparecida é minha mãe, recorro a Ela diante das minhas necessidades. O cansaço eu deixo de lado e peço força durante esta caminhada e em toda a minha vida”, afirmou.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.