Por Valquíria Vieira Em Notícias

“Peço a Deus que não sejamos daqueles que escondem os talentos”, diz dom Orani

romaria_da_arquidiocese_do_rio_2014_foto_matheus_marcon_5O Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ,) Dom Orani João Tempesta, presidiu hoje (30) a Santa Missa no Santuário Nacional às 9h, a celebração acolheu a romaria da Arquidiocese do Rio.

No início da celebração o Arcebispo apresentou algumas intenções de oração, como os 275 anos do Seminário São José do Rio de Janeiro, pelo ano da Caridade e pelos fiéis da Arquidiocese que vieram em 1.500 ônibus do Rio Janeiro para a romaria a Aparecida (SP).

Em sua homilia, dom Orani abordou o evangelho do dia “Mt 25, 14-30” que compara o Reino dos Céus com o homem que ao viajar confia seus bens ao empregados.

O cardeal destacou a missão dos católicos em multiplicar os talentos que Deus confia às pessoas: “O Senhor nos deu um trabalho, essa missão que se sucede, e cada um é responsável em responder por essa missão cada uma com um talento, dois talentos etc. Nós viemos aqui hoje justamente para pedir ao Senhor, através das mãos maternais de Maria, que essa missão, importante para o mundo e para vida das pessoas, nós estejamos empenhados em fazer”.

Dom Orani pediu que a missão da Igreja seja assumida por todos os fiéis.

 

"Eu só peço a Deus que nenhum de nós seja daqueles que escondem os talentos e não os multiplicam. Porque é importante para as pessoas e para o mundo, essa missão confiada à Igreja, confiada a nós pelo Senhor."

“Eu só peço a Deus que nenhum de nós seja daqueles que escondem os talentos e não os multiplicam. Porque é importante para as pessoas e para o mundo, essa missão confiada à Igreja, confiada a nós pelo Senhor. Ele colocou em nossas mãos, esse trabalho essa missão. Agradeço a Deus por ver isso acontecer, quantas pessoas ter multiplicado os talentos e poder fazer acontecer o reino de Deus”, agradeceu.

Pedindo a intercessão de Nossa Senhora Aparecida, o cardeal conclui pela continuidade da missão da Igreja realizada pelo trabalho dos fiéis que se colocam disponíveis às coisas de Deus.

“Aqui estão aqueles que querem acolher o trabalho, a missão, os interesses do reino de Deus. Pedimos por intercessão de Maria que nós continuemos a fazer nossa missão, a cumpri-la a ver como o senhor nos capacita para poder levar adiante. Por isso nossa Ação de Graças. Mesmo no meio de tanta injustiça e situações que cortam os nossos corações sabemos que é grande o trabalho, pedimos que Deus nos capacite, ainda mais, para continuar fazendo em nossas capelas, paróquias, vicariatos e toda a arquidiocese nos coloquemos com e como Maria, “Eis aqui aquele(a) que quer servir o Senhor”, que se cumpra o plano de Deus em Nossa vida e através de nós também em nossa missão em nossa cidade”, encerrou.

A Romaria do Rio de Janeiro trouxe cerca de 60 mil fiéis, os bispos auxiliares e todo clero diocesano.

A peregrinação religiosa da Arquidiocese do Rio acontece desde 1902.

 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Valquíria Vieira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.