Por Tatiana Bettoni Em Notícias

'Peregrinação a Aparecida será momento de transformação interior', diz arcebispo do Rio

Neste sábado (31), a Arquidiocese do Rio de Janeiro irá se unir em peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, com o objetivo de agradecer a Padroeira do Brasil pela Jornada Mundial da Juventude Rio2013. Os peregrinos são convidados a vestir camisas da JMJ, já que bispos, padres, seminaristas e fiéis farão do momento ocasião de ação de graças pelo evento ocorrido em julho e oportunidade para expressar sua filial confiança na intercessão da Virgem Maria.

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, ressaltou que a peregrinação a Aparecida é um momento de transformação interior: — Todos os que peregrinam ao Santuário Nacional da Padroeira do Brasil experimentam, aos poucos, a graça de se sentirem acolhidos por Maria Santíssima como filhos. Por meio de seu coração materno, vivenciam o quanto Deus os ama e se colocam a seu serviço, confiantes na sua Providência Divina. A peregrinação anual de nossa Arquidiocese é um momento de transformação interior. Se crermos que somos amados por Deus, o amor nos impulsionará a vivermos de acordo com seus ensinamentos. Nossa Senhora Aparecida intercede a Jesus as graças que necessitamos para o seguimento do Evangelho e o anúncio da salvação. Como o Pai lhe confiou a educação humana de seu Filho, assim também acreditamos que a Virgem Aparecida nos ajuda a formar nossa vida à sua semelhança. 

A programação da Romaria começa às 6h30min, com a concentração na Tribuna do Papa. Às 7h, será o inicio da recitação do terço, às 8h o deslocamento para o interior da Basílica e às 9h Santa Missa presidida por Dom Orani, seguida da recitação do terço e da via-sacra. Cada Vicariato estará responsável por uma parte da celebração. A primeira romaria da arquidiocese a Aparecida aconteceu em 1902, motivada pelo Cardeal Joaquim Arcoverde, em preparação ao jubileu áureo da proclamação do Dogma da Imaculada Conceição, que aconteceria dois anos depois. Mas foi a partir de 1931 que a peregrinação ganhou maior impulso, após a visita da imagem de Nossa Senhora Aparecida ao Rio de Janeiro, quando foi proclamada Padroeira do Brasil. 

Ao contrário do que talvez alguns pensem, a romaria é um deslocamento diferente do turismo comum, que objetiva conhecer pessoas, lugares e a história local. Antes, é uma atitude interior de busca de um encontro com Deus. 

Informações: Arquidiocese do Rio de Janeiro

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Tatiana Bettoni, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.